Reprodução Facebook
Reprodução Facebook

Advogada Andrea Abrão Paes Leme é a nova secretária adjunta da Cultura

Advogada com especialização em licitações e processos administrativos, ela havia sido nomeada em abril para o Sistema Nacional de Cultura

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S. Paulo

15 de julho de 2020 | 07h28

Depois da nova exoneração de Pedro Horta, nesta terça-feira, 14, a advogada Andrea Abrão Paes Leme foi nomeada secretária adjunta da Secretaria Especial da Cultura em portaria assinada pelo ministro chefe da Casa Civil Braga Netto. Ela vai ser a nº 2 de Mário Frias, secretário especial da Cultura desde 19 de junho, depois da demissão de Regina Duarte.

Andrea, que havia sido escolhida em abril para ser diretora do Sistema Nacional de Cultura, e exonerada agora do cargo, é advogada com especialização em licitações e processos administrativos. Antes disso, ela atuava na Agência Nacional de Transportes Terrestres e já passou pela Empresa de Planejamento e Logística (EPL) e pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Noa anos 1990, foi gerente de Planejamento Comercial da Ferrovia Paulista (Fepasa).

Em seu currículo no Linkedin, ela diz que atua "há praticamente 30 anos no setor público, em diversos segmentos" e que em todos os desafios buscou "o exercício voltada a legalidade da gestão pública e atendimento aos preceitos legais".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.