Adriane Galisteu sofre derrota na Justiça

Adriane Galisteu não conseguiuconvencer o Superior Tribunal de Justiça (STJ) a suspender uma ação penal a que responde no Tribunal de Alçada Criminal do Estadode São Paulo por crime de injúria. A apresentadora está sendo processada pelo advogado do juiz Nicolau dos Santos Neto, Alberto Zacharias Toron, que foi citado no programa de televisão É Show comocandidato ao "troféu caroço". O ministro do STJ Felix Fischer indeferiu o pedido dos advogados de Adriane para suspender a ação. A defesa da apresentadora questiona o processo por crime de injúria alegando que Zacharias Toron foi indicado para ganhar o "troféu caroço" não em função de sua honra ou de suas atribuições morais, mas sim pelo fato de ter advogado para o "principal acusado daprática do mais aviltante caso de subtração de finanças públicas e o mais rumoroso e vergonhoso escândalo envolvendo um magistrado", no caso o juiz Nicolau dos Santos Neto. Zacharias Toron se sentiu ofendido por Adriane Galisteu, porque entendeu que o "troféu caroço" tem caráter pejorativo e injurioso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.