Adriane Galisteu e Silvio Santos: é contrato ou rescisão?

"Vem pra cá, sai pra lá". Toda colega de auditório que já chegou perto de Silvio Santos ouviu isso alguma vez. Agora, quem imaginaria que Adriane Galisteu sofreria na pele os altos e baixos do homem do baú? Além de ser alfinetada publicamente pelo patrão, a loira agora pode sair de vez do SBT. São fortes os boatos de que a emissora paulista teria acertado a rescisão de contrato com o advogado de Adriane, Sergio Dantino.No entanto, a assessoria da apresentadora não confirma a notícia e diz que o contrato, que vai até 2008, será cumprido. "Se o SBT apresentar a rescisão a ela, caberá à Adriane aceitar", disse Nelson Sacho, assessor da apresentadora. Ele acha difícil a emissora dispensar Galisteu agora, uma vez que até contratou um novo diretor para o Charme. E garante que ela não está desesperada para sair do SBT.Difícil acreditar em uma afirmação como esta. Afinal, a própria apresentadora já se declarou infeliz com o horário da tarde e a filosofia da casa, onde está desde outubro de 2004. A insatisfação parece vir de questões pessoais, uma vez que a audiência da reestréia nas tardes deu média de oito pontos de ibope e picos de 11 pontos.Inicialmente, o Charme prometia ser um Programa Hebe com menos laquê. No entanto, a apresentadora logo começou a se indispor com o formato da atração, que segue um roteiro muito certinho. Outra coisa que não agrada Adriane é o fato de não poder opinar na produção do programa.Em outubro de 2005, a loira conseguiu dobrar o patrão e ir para as noites de quarta. Mas a alegria não durou muito, e Adriane foi para as noites de sábado e, em seguida, para as tardes, de segunda a sexta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.