Acusador de Travolta contrata 'advogada das estrelas'

Um massagista que acusa o ator John Travolta de assédio sexual contratou na quarta-feira a "advogada-celebridade" Gloria Allred para representá-lo, e pode reabrir o processo em que solicita indenização de 2 milhões de dólares.

REUTERS

16 de maio de 2012 | 20h28

Allred, envolvida em vários casos célebres nos últimos anos, disse que passou a representar o massagista, identificado no processo apenas como "John Doe No 1" ("fulano de tal 1").

O processo foi arquivado nesta semana, mas Allred disse que o acusador ainda tem o direito de reabri-lo se assim desejar. "Estamos no processo de consultá-lo sobre os próximos passos."

Outro massagista, identificado como John Doe No 2, faz acusações semelhantes contra o ator de "Pulp Fiction", que rejeita terminantemente as denúncias.

Okorie Okorocha, primeiro advogado de John Doe No 1, disse nesta semana que passaria a representá-lo de forma limitada porque seu cliente errou a data do suposto crime e tomou a iniciativa de estabelecer contato direto com meios de comunicação.

Okorocha continua representando o segundo acusador.

(Reportagem de Piya Sinha-Roy)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTETRAVOLTAMASSAGISTAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.