'Acho ótimo ver mulheres reais na televisão'

Atriz fala sobre 'Super Fun Night', que mostra amigas fora dos padrões

João Fernando, O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2013 | 02h09

Não se enquadrar nos quesitos clássicos de beleza tem sido um bom negócio para quem atua em séries de TV. Depois de sucessos como The Big Bang Theory e Girls, em que os personagens estão longe dos modelos de perfeição, chegou a vez de mais pessoas fora do padrão serem estrelas com a chegada de Super Fun Night, que estreia nesta segunda-feira, às 20 horas, na Warner.

Na atração, a protagonista Kimmie (Rebel Wilson), bem acima do peso, viverá novas experiência ao lado das amigas esquisitinhas Marika (Lauren Ash) e Helen-Alice (Liza Lapira). O trio de nerds, que não arreda o pé de casa, dará um novo passo quando a Kimmie for convidada pelo novo colega de trabalho a ir a uma festa.

"São personagens possíveis. Por muito tempo, vimos na TV pessoas bonitas fazendo coisas estranhas ou engraçadas. Recentemente, o público respondeu que quer ver algo mais parecido com eles na tela, mulheres comuns. Acho ótimo ver mulheres reais na TV com as quais podemos nos identificar", contou Lauren Ash ao Estado em teleconferência com jornalistas da América Latina.

A atriz diz sempre ter tido o pé atrás com programas que só mostravam pessoas padronizadas. "Eu era muito fã de Friends. Eram pessoas bonitas reunidas. Acho que na vida real não é assim. Em um grupo de seis pessoas pode até haver alguém bonito, porém, sempre vai haver alguém normal, na média. Acho legal mostrar que você não precisa ser uma super modelo para estar na TV. Há uma voz para mulheres normais. E as pessoas não gostam de ver só as bonitas em apuros. A vida não pode ser tão difícil assim para quem é bonito", brinca a canadense.

Em Super Fun Night, as amigas são barradas na porta da festa. Com sete anos de carreira na TV, ela revela ter passar por situações assim com frequência. "O pior é quando você chega para gravar em uma locação e o segurança te para. Eu tenho de explicar: 'Estou no elenco'."

Para as poucas vezes em que sai à noite, ela já tem uma técnica. "Se falam que não estou na lista, digo que minha assistente mandou e que vou brigar com ela. Aí, eles deixam entrar poder. Se você for confiante e fingir que era para entrar, eles te deixam", ensina.

Apesar de a série só estar no ar há duas semanas nos EUA, Lauren já tem retorno dos fãs. Pelo Twitter, meninas contam ter ficado menos retraídas depois de assistir à atração. "Não é porque você não é a mais linda que não pode sair à noite."

A atriz acredita que a TV ainda explora pouco as relações entre grupos de amigos do sexo feminino. "Elas são genuínas e leais. Espero que todo mundo tenha amigos assim. Adoro os caras do The Big Bang Theory. Mas eles ainda estão naquele mundo nerd. Elas (do Super Fun Night) vão se desenvolver."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.