Acervo do Lehman Brothers em leilão

VISUAIS-1

, O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2010 | 00h00

A coleção de arte contemporânea do falido banco de investimentos Lehman Brothers deve ir a leilão em setembro, anunciou a Sotheby"s. Com cerca de 400 obras, o acervo reúne peças de grandes artistas, como Damien Hirst, Gerhard Richter e Julie Mehretu (foto). De acordo com a casa de leilões, a venda pública ainda depende da aprovação do tribunal, que estuda a quebra do banco nova-iorquino há dois anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.