Acaba reforma do Monumento às Bandeiras

O Monumento às Bandeiras, de Victor Brecheret, será entregue nesta quarta-feira à cidade de São Paulo depois de passar por uma restauração que começou em janeiro. A reforma do monumento, que fica na praça Armando Salles, no Ibirapuera, foi viabilizada pelo programa Adote uma Obra Artística, pelo qual empresas patrocinam restaurações de monumentos e se comprometem a conservá-los durante um período. Neste caso, a Unilever foi a patrocinadora e ficará responsável pela manutenção da escultura e do local em torno até 2004. O Monumento às Bandeiras foi inaugurado em 1953, às vésperas do quarto centenário de São Paulo. Com 12 metros de altura, 50 de comprimento e 15 de largura, a obra representa uma expedição bandeirante, com um português e um guia índio a cavalo. Estas imagens estão à frente de um comboio formado por portugueses, índios, negros e mamelucos. Na parte da frente do monumento, há um mapa de Afonso de Taunay que ilustra o roteiro de algumas expedições e nas laterais há placas com versos de Guilherme de Almeida e Cassiano Ricardo sobre as bandeiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.