Abu Dhabi adia novamente projetos de Louvre e Guggenheim

Abu Dhabi está mais uma vez voltando atrás da abertura de uma filial dos museus de arte Louvre e Guggenheim depois de uma nova revisão dos projetos, disse o setor do governo responsável pelo turismo nesta quarta-feira.

REUTERS

25 de janeiro de 2012 | 12h24

O Louvre Abu Dhabi, subsidiário do famoso museu parisiense, será inaugurado em 2015, e a filial do nova-iorquino Guggenheim em 2017, disse a Empresa de Investimento & Desenvolvimento de Turismo (TDIC, na sigla em inglês) em comunicado. O Museu Nacional Zayed será inaugurado em 2016.

Todos os três museus estavam projetados para abrir entre 2013 e 2014.

Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, pretende investir bilhões de dólares no turismo, infraestrutura e indústria para diversificar sua economia, baseada no petróleo.

Em todo o país, projetos de turismo, comércio e imobiliários apoiados pelo governo, muitos concebidos durante os anos de boom de 2003 e 2008, estão agora sendo revistos e, em alguns casos, adiados ou engavetados.

Em outubro, o emirado adiou a abertura das filiais do Louvre e do Guggenheim e o Museu Nacional Zayed na ilha de Saadiyat, um projeto de 27 bilhões de dólares que incorpora arte, cultura e resorts.

(Reportagem de Stanley Carvalho)

Tudo o que sabemos sobre:
ARTEABUDHABILOUVRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.