ABTA reforça protestos contra serviço da Telefônica

A Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA) voltou a protestar na sexta-feira contra o fato de a Telefônica entrar no mercado de TV paga.A entidade enviou no final da tarde de sexta um documento à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ratificando sua posição contrário ao novo concorrente, alegando que a operadora espanhola está ditando as normas de controle da Astralsat (parceira da Telefônica), empresa que vai operar o serviço em DTH (televisão por satélite). A empresa também reclama de irregularidades na recente aproximação da TVA com a Telefônica.O protesto vem ao encontro dos boatos de que a Telefônica já estaria disponibilizando no mercado nos próximos dias pacotes de TV por assinatura do novo serviço, a preços convidativos.Até o início da tarde de terça-feira a Anatel não havia se manifestado sobre o protesto.A Telefônica, por meio de anúncio oficial na imprensa, diz que está entrando no negócio sem infringir nenhum obstáculo regulatório, e que espera para os próximos dias a aprovação da Anatel para que possa começar a vender os pacotes do serviço em DTH.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.