"Absolutely Fabulous" traz incorreção política de volta

A onda de patriotismo e correçãopolítica nos Estados Unidos acaba de ganhar um contraponto de peso: a nova temporada do seriado inglês Absolutely Fabulous, que começou a ser exibida pelo canal por assinatura ComedyCentral. O programa mais politicamente incorreto dos anos 90 tem versão atualizada, mas a mesma dose de crueldade e maus exemplos. O retorno é um sucesso: Jennifer Saunders, a criadorade AbFab, já fala sobre a produção de uma nova temporada e deum longa-metragem.Desenvolvido a partir de uma esquete do programa humorísticoFrench & Saunders, da BBC, Absolutely Fabulous provocavagargalhadas por quebrar todas as regras dos politicamentecorretos anos 90. Em meio às bebedeiras, Edina e Patsy aproveitavam para satirizar franceses e os povos do terceiro mundo, fazer apologia das drogas e incentivar todas as manias na filha deEdina, Saffron.Agora, numa época em que os Estados Unidos são dominados pelo bom-mocismo de Britney Spears, ´N Sync e companhia,AbFab fica ainda mais provocante. Como a nova temporada foiproduzida em esquema de parceria com o americano Comedy Central,Saunders aproveitou para alfinetar também alguns costumes dopaís. No primeiro episódio, por exemplo, Patsy fica obcecada pelas injeções que acabam com as rugas. A amiga adolescente de Saffron também não é perdoada: ela mostrauma cicatriz gigantesca no pescoço, resultado de uma queimaduraem seu rabo-de-cavalo, causada por Edina. Em um dos novosprogramas há até uma piada sobre a destruição das estátuas deBudas no Afeganistão promovidas pelo Taleban, que o Comedy Central ainda não sabe semanterá na versão para os Estados Unidos.De acordo com Saunders, o desafio da nova série é continuarsendo engraçada em uma época "em que mulheres com uma amizadeforte e dizendo certas coisas viraram coisas do passado, tudo porconta do seriado Sexo e a Cidade". A roteirista até incluiu um trecho em que Patsydiz odiar Sexo e a Cidade.Para o público fashion, a graça está na atualização dos íconesda moda. A obsessão por Christian Lacroix (em si uma piada nosanos 90) é substituída por Edina coberta pela onipresenteestampa xadrez da Burberry ou por conjuntos com estampas delogotipos, conceitos levados ao extremo nosúltimos tempos. Um dos acertos da nova temporada de AbFab foi ter reunidotodo o ótimo elenco original. Saunders e Joanna Lumleycontinuam tão integradas quanto antes, enquanto Joanna Sawalha(Saffron) e June Whitfield (a mãe) são ótimas atrizes de apoio.O destaque é Jane Horrocks, uma das boas surpresas do cinemainglês, que volta em papel duplo, como a estabanada secretáriaBubbles e uma apresentadora de TV.A produção de uma nova temporada está nos planos de Saunders,mas vai depender do sucesso dos programas atuais. Ela diz também que pensa em fazer um longa-metragem da série. "Tenhomuitas idéias que não entraram ainda nos programas, então talvezseja interessante levá-las para o cinema."Enquanto isso, AbFab, que já foi vendido para mais de 40países, continua virando uma máquina de gerar dinheiro. A SaksFifth Avenue, em parceria com a Vogue americana, dedicou àsérie o quinto andar de sua loja na Quinta Avenida, em Manhattan, e chamou o espaço de Fab on Five. O lugar tem os designsmais absurdos dos estilistas favoritos de Patsy e Edina (emmanequins que parecem com as personagens), um "bar-manicure",uma área de "customização" de jeans e muito mais. Monitores deTV espalhados pelo andar mostram alguns dos momentos clássicosda série. A editora Hodder Headline também aproveita a nova fase da série para lançar um livro sobreo programa, reunindo fotos, anotações dos roteiros, entrevistas,piadas e monólogos de cada personagem. A transcrição dosroteiros das três primeiras temporadas também havia sidotransformada em livros na Europa e nos Estados Unidos nos anos90, assim a editora aposta que o livro pode se tornar o títulode humor mais vendido na Inglaterra na época do Natal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.