Marcos de Paula/ Estadão
Marcos de Paula/ Estadão

ABL elege Geraldo Cavalcanti

Pernambucano é o novo presidente da Academia, com mandato de um ano

05 de dezembro de 2013 | 18h12

O poeta, ensaísta, memorialista, tradutor, diplomata e crítico literário pernambucano Geraldo Holanda Cavalcanti foi eleito nessa quinta, por unanimidade, o novo presidente da Academia Brasileira de Letras, sucedendo Ana Maria Machado. A nova diretoria tem ainda Domício Proença Filho, como secretário-geral, e Antonio Carlos Secchin, como primeiro-secretário.

O jornalista Merval Pereira será o segundo-secretário e a escritora Rosiska Darcy de Oliveira, eleita neste ano para a Academia, será a nova tesoureira. A nova diretoria tomará posse no dia 19 de dezembro, às 17h30, também no Petit Trianon, sede da ABL, no centro do Rio do Janeiro. O mandato é de um ano e, pela tradição da casa, é renovado por igual período.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.