ABL: cadeira de Campos tem 3 candidatos

Pelo menos três nomes já estão lançados para preencher a vaga da Academia Brasileira de Letras que pertenceu ao economista Roberto Campos, morto na última terça-feira: o cientista político Hélio Jaguaribe, o diplomata Mário Gibson Barbosa e o astrônomo Ronaldo Mourão, todos eles com padrinhos fortes entre os imortais. O humorista Jô Soares, que desisitu de concorrer à vaga de Jorge Amado, garante que não será candidato. A nova vaga foi declarada ontem durante a sessão da saudade, que teve a presença de 17 acadêmicos, em homenagem ao economista Roberto Campos. Só o economista Celso Furtado defendeu a candidatura de Hélio Jaguaribe. "É bom que as ciências humanas estejam representadas. Mantém a tradição e deixa claro que a Academia não é só uma casa das letras", explicou Furtado. Jaguaribe se candidata pela primeira vez e disse ter recebido convite também de Cândido Mendes e Afonso Arinos de Mello Franco. "Esperei tanto tempo porque queria concluir meu livro mais recente, Um Estudo Crítico da História, e me sentir em condições de ser um acadêmico", justificou-se. "Vou conversar com meus amigos para saber qual o melhor prazo para me inscrever, de acordo com a prática da casa de Machado de Assis." Mário Gibson Barbosa recusou-se a posar de candidato, mas garantiu que pretende se inscrever. Dos candidatos declarados, só ele compareceu à sessão da saudade, até porque era amigo pessoal de Roberto Campos. Juntos, os dois estiveram em governos dos anos 60 e 70. "Um dia chega a hora de a gente tentar", comentou. O poeta Ledo Ivo, não admite tê-lo como candidato porque nunca declara publicamente seu voto, mas citou seu nome para substituir Campos. Ronaldo Mourão já foi candidato outras duas vezes, mas retirou a inscrição em favor de candidatos com melhores chances. "A Academia é uma noiva difícil porque temos que pedir sua mão a pelo menos 39 pais", brincou ele.

Agencia Estado,

12 de outubro de 2001 | 12h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.