Aberta ao público casa de Saramago

A presidente da Fundação José Saramago e viúva do escritor português, Pilar del Río, abriu ao público anteontem a casa em que viveu, escreveu e morreu o ganhador do prêmio Nobel de Literatura. Batizada de A Casa, o imóvel fica no povoado de Tías, na Ilha de Lanzarote, ao sul da Espanha. Durante a cerimônia, na qual estiveram presentes editores de diversos países e o prefeito de Lisboa, Antonio Costa, Pilar disse que o objetivo da abertura da casa é "manter vivo o espírito de José Saramago e seguir respirando por ele". Autor de obras como Ensaio Sobre a Cegueira e A Viagem do Elefante, Saramago morreu em 18 de junho de 2010, em Lanzarote, aos 87 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.