AP Photo/Sang Tan
AP Photo/Sang Tan

Abadia de Westminster se transforma em floresta artificial para o casamento

Mais de quatro toneladas de folhagem, incluindo oito grandes árvores, serão usadas na decoração

Efe,

27 Abril 2011 | 10h52

Londres, 27 abr (EFE).- O interior da abadia londrina de Westminster se transformará na próxima sexta-feira em uma floresta artificial durante o casamento do príncipe William e de Kate Middleton.

Os organizadores do evento já começaram a instalar a espetacular decoração para o enlace real, no que serão utilizadas mais de quatro toneladas de folhagem, incluindo oito grandes árvores.

A ornamentação, que terá um custo aproximado de 50 mil libras (US$ 82 mil), criará o efeito de que tanto os convidados como os noivos caminham através de uma frondosa "avenida natural".

O encarregado de realizar a decoração na nave da abadia, o florista Shane Connoly, assinalou ao diário "The Daily Telegraph" que a ornamentação do local tem o objetivo de "deslumbrar" o público, em cerimônia que deverá ser acompanhado por cerca de dois bilhões de pessoas.

As árvores, colocados em grandes vasos ao longo do corredor central da abadia, evocarão o local de nascimento de Kate, Bucklebury, no condado de Berkshire (sul da Inglaterra), onde a família Middleton tem uma casa situada em uma avenida de carvalhos que lembram a visita da rainha Ana no século XVII.

Por expresso desejo da noiva, as flores que adornarão Westminster serão de espécies originais do Reino Unido. EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.