A vitrine da première Brasil

Embora o Festival do Rio ainda não tenha divulgado sua extensa programação - as mais de 20 mostras incluem tendências, pré-lançamentos e homenagens -, só o anúncio dos concorrentes da Première Brasil já deixa o sabor de água na boca. A competição de ficções terá nove títulos - Novela das Oito, de Odilon Rocha; Amanhã Nunca Mais, de Tadeu Jungle; Eu Receberia as Piores Notícias de seus Lindos Lábios, de Beto Brant e Renato Ciasca; Girimunho, de Helvécio Marins Jr. e Clarissa Campolina; Histórias Que Só Existem Quando Lembradas, de Julia Murat; Mãe e Filha, de Petrus Cariry; A Hora e a Vez de Augusto Matraga, de Vinícius Coimbra; O Abismo Prateado, de Karim Aïnouz; e Sudoeste, de Eduardo Nunes. Alguns já circularam por festivais nacionais e internacionais. Outros são 100% inéditos, como os de Beto Brant e Renato Ciasca, e Vinicius Coimbra, adaptado do original de Guimarães Rosa filmado por Roberto Santos nos anos 1960.

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2011 | 00h00

A competição de documentários inclui - A Era dos Campeões, de Cesário Mello Franco e Marcos Bernstein; Canções, de Eduardo Coutinho; Laiá, Laiá, de Alexandre Iglesias; Luz, Câmera, Pichação, de Marcelo Guerra, Gustavo Coelho e Bruno Caetano; Marighella, de Isa Grinspum Ferraz; Mentiras Sinceras, de Pedro Asberg; Olhe pra Mim de Novo, de Kiko Goifman e Claudia Priscila; e Os Últimos Cangaceiros, de Wolney Oliveira. Fora de concurso, serão exibidos - Capitães da Areia, de Cecília Amado; Corações Sujos, de Vicente Amorim; O Palhaço, de Selton Mello; Os 3, de Nando Olival; e Reis e Ratos, de Mauro Lima.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.