A superpoderosa Luana Piovani vai sumir um pouco

Aos 27 anos, a paulistana Luana Piovani diz ter certeza de que já passou da fase de "depender" e "achar importante" um contrato polpudo com a Globo. Ao contrário, dá graças a Deus - e fala alto para quem quiser ouvir - que é dona do próprio nariz há três anos. "Felizmente, sou patroa de mim mesma há muito tempo e não pretendo mudar isso", diz.Não vai ser fácil ver Luana depois de outubro. Para seus conterrâneos, uma missão quase impossível. A atriz, que está em cartaz na peça Alice no país das Maravilhas em São Paulo - produzida e estrelada por ela - até novembro, parte para uma turnê no Rio e outras 10 capitais. No início de 2004, grava O Casamento de Romeu e Julieta, filme de Bruno Barreto, e viaja para a Europa, onde fica algumas semanas na Itália e seis meses em Paris para aprender francês. A atriz, que disse não ter vontade de fazer novelas outra vez - e até rejeitou o convite de Maria Adelaide Amaral para atuar na minissérie em homenagem aos 450 anos de São Paulo - já tomou a decisão. "Estarei longe dos folhetins por pelo menos um ano e meio. Talvez uma participação especial e olhe lá."Poderosa, não? "Olha, não tenho medo de quebrar a cara nessa minha nova empreitada de produção teatral. Terninho no meu guarda-roupa nunca faltou para ir atrás de patrocinador", diz Luana, que começou como produtora em Amigas e hoje já se prepara montar uma peça adulta e outra infantil. Se vê-la vestida de Alice já vai ser difícil, imagina conferir a loira de 1,78m e 60 kg estampada nas capas da Playboy... Por R$ 1 milhão? R$ 2 milhões? "Por este valor, até me levanto do sofá e me dou ao trabalho de pegar o telefone e começar a conversar com eles, mas ainda está longe daquilo que eu pediria para tirar a roupa."Alice no País das Maravilhas. Teatro Procópio Ferreira, R. Augusta, 2823, sáb. e dom. às 16h. Tel.: 3083-4475. De R$ 25 a R$ 30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.