A subjetividade

Lua Nova de Touro será Vazia até as 14h10, horário de Brasília

Oscar Quiroga, oscar.quiroga@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

04 de maio de 2011 | 00h00

A subjetividade, tão desprezada e desvalorizada pela ideologia materialista que impera na civilização atual, é o porto seguro de nossa humanidade, a dimensão em que se desenvolve o morador interior que experimenta e interpreta a realidade que acontece intencional ou acidentalmente. Esse morador interno está contaminado pela ideologia materialista e se dedica quase que o tempo todo a enxergar a realidade como objeto de curiosidade intelectual ou matéria para satisfazer a cobiça. Porém, nos raros momentos em que transparece a poesia e conseguimos enxergar a eternidade num instante, demonstramos a nós mesmos nossa verdadeira fibra. Em dias como hoje, de Lua Vazia, é propício dar mais valor à poesia do que às fórmulas administrativas.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Comunique suas decisões sem cerimônia e observe as reações. Faça isso para conhecer melhor as pessoas que são parte de sua vida e, também, para que elas conheçam melhor seu estilo. Conhecer é aprimorar-se também.

TOURO 21-4 a 20-5

Nada deve limitar sua atuação. Certamente, você deve agir, mas se conseguir fazê-lo com o coração desapegado, da forma mais desinteressada possível, então experimentará pela primeira vez a verdadeira liberdade.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

O amor é um verdadeiro atrevimento, porque é quando a alma se dispõe a oferecer o melhor do seu coração a despeito de não haver nenhuma recompensa por isso e, pelo contrário, pedras sejam jogadas em sua direção.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Quando você estiver a ponto de desistir por achar que tudo é demais e que não teria como suportar a realidade, aí mesmo acontecerá o milagre. Por isso, continue tentando, o único erro que você não deve cometer é desistir.

LEÃO 22-7 a 22-8

O vício de buscar culpados para os seus estados de ânimo subjetivos deve ser superado quanto antes, pois sem isso você continuará cometendo equívocos ao avaliar mal a presença de tais ou quais pessoas em sua vida.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Se for criticar alguém, antes de emitir seu juízo repense e respire fundo. Somente depois disso comece a emitir suas críticas. Talvez, na melhor das hipóteses, você consiga perceber a falácia de muitas dessas críticas.

LIBRA 23-9 a 22-10

Quando a mente constantemente espera recompensas por tudo que faz, perde de vista a verdadeira liberdade, que se manifesta agindo desinteressadamente. O desapego é o exercício que garante elevação espiritual.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Enquanto as pessoas fazem demonstrações do que de pior elas seriam capazes, você continue com a mente concentrada no objetivo pretendido. Evite cair na tentação de ir ao nível delas para responder as ofensas.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

As verdades sejam ditas, mas com doçura e firmeza para serem ouvidas sem resistência e atingirem

o melhor resultado possível: aumentar a liberdade de todas as pessoas. Verdades sejam ditas em nome da liberdade!

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

O medo é fiel companheiro do caminho de todo ser humano, mas é um péssimo conselheiro, ninguém deveria lhe dar ouvidos. Contudo, na maior parte das vezes as pessoas tomam atitudes e decisões por puro medo.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Amor não é uma recompensa que cai no colo das pessoas bem-aventuradas. Amor é a tarefa de você tornar sua alma transparente para que a poesia verdadeira do coração se irradie ao mundo sem impedimentos.

PEIXES 20-2 a 20-3

Sua impaciência deveria ser toda dirigida ao fato de ter acumulado diversas tarefas sem a devi

da atenção. Assim, essa impaciência que geralmente provocaria tensão inútil se transformaria em forte aliada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.