A sintonia fina de Cássia Eller com Nando Reis

CÁSSIA ELLER

O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2011 | 03h08

RELICÁRIO

Universal

Preço: R$ 22,90

BOM

A identificação de certas intérpretes com determinados compositores tem ótimos exemplos de contribuição para o engrandecimento mútuo na história da canção brasileira. É o caso de Aracy de Almeida com Noel Rosa, Elis Regina com Milton Nascimento, Gal Costa com Caetano Veloso, Maria Bethânia com Chico Buarque, Leila Pinheiro com Eduardo Gudin, Zélia Duncan com Itamar Assumpção. Cássia Eller (1962- 2001) tinha essa sintonia fina com Nando Reis e em sua breve e brilhante carreira gravou canções dele o suficiente para que o próprio autor organizasse uma representativa compilação de sua obra na voz dela em Relicário. Uma delas é inédita, Baby Love, em que Cássia tinha gravado só voz e violão. Kassin se encarregou de concluir a gravação e fazer a mixagem, com a participação de Francisco Eller, filho da cantora, na percussão. Além desta, Nando participa de outras no vocal, incluindo versões inéditas de Um Tiro no Coração e As Coisas Tão Mais Lindas. Outras têm participação de Frejat (Nenhum Roberto) e Gilberto Gil (Fiz o Que Pude). Entre as mais conhecidas há o hit E.C.T. (parceria com Marisa Monte e Carlinhos Brown), O Segundo Sol e All Star em bem montada sequência. / L.L.G.

OUÇA TAMBÉM

DOR ELEGANTE

Artista: Zélia Duncan Álbum: Pré Pós Tudo Bossa Band Gravadora: Universal Preço: R$ 14 (www.popsdiscos.com.br)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.