A série: Perguntas difíceis

Mercúrio em sextil com Netuno e quadratura com Urano; a Lua se aproxima da fase quarto minguante em Leão.

Quiroga, O Estado de S.Paulo

27 de novembro de 2010 | 00h00

Qual é a duração de um momento? Esta é mais uma da série Perguntas difíceis! Sendo que todo ser humano nasce preparado para viver e agir em determinado momento para agregar sua parte à ordem maior, como se faz para reconhecer esse momento? Esta é a segunda pergunta difícil em menos de um parágrafo. Pois bem, todos os sábios de todas as religiões e ciências afirmam que reconheceremos o momento porque o coração o dirá em alto e bom som e , então, seria só obedecê-lo. Mas, a que coração obedecer? Ao coração que se apaixona ou àquele que se orienta pelo senso do dever? Terceira pergunta difícil. É longa a lista de dilemas que fazem parte deste momento da história planetária. Desconfiem daqueles que oferecem soluções simples, porque não as há.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Agora é o momento em que começam a dar resultados positivos todos os sacrifícios que você fez no passado. Os avanços, os fracassos, as confusões,

as pequenas vitórias, tudo se sintetiza neste momento.

TOURO 21-4 a 20-5

Nunca será fácil distanciar-se de pessoas que fizeram parte do seu caminho durante muito tempo e nas quais você aprendeu a confiar. A confiança é uma moeda rara nos dias de hoje, porém, novas pessoas vêm vindo por aí.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Sem ouvir atentamente o que opiniões diferentes das suas significam, você nunca saberá se poderia ter melhorado seu caminho, ampliando-o e se dirigindo a perspectivas maiores e melhores do que as suas originais.

CÂNCER 21-6 a 21-7

As demoras e complicações são providenciais, ainda que chatas. Porém, você não as aproveitará se a alma continuar se refestelando no aborrecimento, convencida de que tudo conspira contra seus maravilhosos planos.

LEÃO 22-7 a 22-8

Nenhuma guerra produz vencedores, só vencidos, porque no meio da luta todas as pessoas envolvidas se tornam negligentes com os princípios espirituais e isso as torna derrotadas. Evite a guerra quanto possível.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Sucesso e fracasso se entremeiam neste momento, mas nada há de prazeroso ou doloroso nessa constatação, apenas o refinamento da realidade mais real possível, se é que algo assim poderia se dizer. Navegue!

LIBRA 23-9 a 22-10

Todas as promessas de prazer enunciadas pelos desejos não têm garantia de acontecer, mas isso não seria argumento suficiente para você renunciar a esses desejos. Assim começa o movimento da roda da fortuna.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Nada é seguro, nada é certo, nada é inevitável ou fatal, tudo é escrito a todo momento na medida de suas decisões, grandes ou pequenas, assim como também pela intervenção de forças maiores do que a sua em particular.]

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Ninguém é velho o bastante para não compreender o valor da vida nem tampouco ninguém é jovem demais para entender que há algo importante para se fazer entre o céu e a Terra. Recupere a verdade íntima do seu coração.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

De verdade, ninguém pode fazer afirmações absolutas a respeito da Vida, mas de vez em quando acontecem inspirações e da boca saem palavras que nem sequer pareceriam próprias, mas vindas de algum outro lugar.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

A complexidade do momento atual é tamanha que nem seus protagonistas conseguem perceber o que resultará dele. Por isso, avance com extremo cuidado, do tipo daquele que nunca você se importou em aplicar.

PEIXES 20-2 a 20-3

Muitas mudanças e reorientações ainda acontecerão. Por isso, não dê nada por definitivo, não se dê por vencido nem tampouco por vencedor, tudo é efêmero, muito mais efêmero do que as pessoas se atrevem a imaginar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.