"A Revista" traz especial sobre JK

A sexta edição de A Revista, edição criada pela Takano Editora Gráfica, será lançada nesta terça-feira, em Brasília, no Teatro Cláudio Santoro, com a presença do presidente Fernando Henrique Cardoso. Outro presidente também está envolvido nessa nova edição: Juscelino Kubitschek, o "presidente bossa-nova, pé-de-valsa", eleito para ser o destaque de A Revista n.º 6, com capa de Oscar Niemeyer. Sob a direção de Marcos Weinstock, a revista surgiu com o intuito de ser "um canal de comunicação com o público que trabalha diretamente com a Takano, uma das maiores gráficas do Brasil", disse. Entre esse público, estão editoras de livros de arte e gente da área publicitária. Além de A Revista, a gráfica também criou o Instituto Takano, responsável por atividades culturais da gráfica. Segundo Weinstock, há total liberdade de criação em ARevista, "uma maneira de fazer jornalismo multimídia". Paratanto, ele destaca que há sempre algo de lúdico em todas asedições, a começar pelas suas embalagens. "São caixas desurpresas. Quando a capa era com a Leila Diniz, a revista vinhacom sandálias havaianas; quando foi Tom Jobim, uma gravaçãoinédita dele; quando foi Glauber Rocha, a embalagem continha um pôster de Deus e o Diabo na Terra do Sol, além de uma seqüência de trailers de seus filmes", alguns exemplos dados pelo diretor. Ademais, cada edição é diferente da outra. Com umaequipe formada por ele, Regina Echeverria como diretora deredação e Fernanda Sarmento na direção de arte, A Revista também conta com uma lista de colaboradores importantes como Ignácio de Loyola Brandão, Millôr Fernandes, Chico Caruso, César Giobbi, entre outros. Segundo Weinstock, uma das preocupações darevista é falar da tecnologia empregada em suas edições."Fotolitos, bulas, tipos de papel, tudo isso é indicado e, parao mercado, funcionou como um guia." A Revista não é vendida em bancas, mas enviada para10 mil pessoas cadastradas no mailing da Takano. "Ainda estamosem dúvida se ela deve ser vendida já que é muito cara, com umcusto de R$ 30,00. Talvez comecemos a mandar exemplares paraescolas de design", esclarece Weinstock. Entre ospatrocinadores, estão a Votorantin, Votocel, Arco Convert, Arjowiggins, KSR, BASF e Málaga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.