A reconciliação de Barbie e Ken

Uma das reconciliações mais esperadas pelas crianças de todo o mundo está perto de acontecer: Barbie, a boneca mais famosa da história pode voltar com Ken, seu eterno namorado. O motivo deste reencontro está no novo aspecto de Ken, segundo informou à EFE uma porta-voz da Mattel, empresa proprietária dos bonecos.Em fevereiro de 2004, o casal Barbie e Ken se separou. O pivô foi o surfista australiano Blaine. Mas agora Ken, o malhado surfista, abandonou seu aspecto debochado para tornar-se um jovem sofisticado que veste casaco de motociclista e botas de caubói, tem mais músculos e é amante do jazz na voz da cantora Norah Jones.Barbie, a pequena boneca com eterno corpinho de jovem, medeixas volumosas e jeito persuasivo, ainda está pensando se vai oferecer a Ken uma segunda chance.O que Barbie - sempre fashion - não consegue esconder, é que anda bem para baixo. Não se sabe se é pelo rompimento com Ken ou se é porque seus cabelos não param de cair. Robert Eckert, presidente e conselheiro da Mattel anunciou, no dia 30 de janeiro, que 2005 foi um ano complicado para a empresa devido à pressão dos custos e à diminuição das liquidações da marca Barbie, que neutralizou o avanço obtido por outros produtos.As vendas mundiais dos produtos Barbie, que representam a quinta parte do faturamento da Mattel, caíram em 11% no último trimestre. Isso provavelmente deve-se, em parte, à competição com a boneca Bratz, que ultrapassou o número de vendas da Barbie, no natal passado, nos Estados Unidos. A informação foi divulgada pela empresa que fabrica a Bratz, a MGA Entertainment. A boneca Bratz tem um diferencial: é mais moderna. Usa barriguinha de fora, calças baixas e tem lábios carnudos. Esse conjunto de características é muito mais atraente nos dias de hoje, no melhor estilo Angelina Jolie. A estilizada e oxigenada Barbie levou uma rasteira. Bratz só tem cinco anos de vida, frente aos quase 50 da Barbie - criada em 1959 por Ruth Handler, que deu, aos bonecos Barbie e Ken, o nome de seus filhos. No começo, só existiam Barbies loirinhas, mas ela teve que se adequar ao "politicamente correto" e com o tempo surgiriam as negras, asiáticas, latinas e indianas. Em 2003, a Mattel criou uma série especial de hip hop com bonecas chamadas Flavas, mas a venda foi um fracasso. Depois chegaram as descoladas My Scene. Não desbancaram a Bratz.No fim, é a tradicional loira de cabelos ondulados que a Mattel vai usar para fazer a reconciliação com Ken. Os dois chegarão a se casar? Só o tempo - e a Mattel - dirá.

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2006 | 19h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.