A recomposição

Saturno e Plutão em quadratura, Mercúrio em retrogradação; a Lua cresce em Capricórnio.

astro@0-quiroga.com, O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2010 | 00h00

O excesso de atenção que nossa humanidade dá ao mundo objetivo é a essência do desequilíbrio e, por que não dizê-lo?, do desespero também. Enquanto isso, o vasto infinito de que somos feitos aguarda com sábia paciência que decidamos treinar nossos sentidos subjetivos para ver o que precisa ser visto, o ser que somos. Porém, o excesso de objetividade precisa ser resolvido, já que fomos nós mesmos, pelas decisões tomadas em nosso passado, os que amarramos e aprisionamos o Ser Real em nossos corações. Nós, conscientemente, temos de devolver as prerrogativas reais ao Ser que Somos, e isso requer treino constante. Além do treino, há as crises sérias de ordem mundial para que recomponhamos a escala de valores com que julgamos tudo.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Nutra em silêncio e com carinho todos os potenciais que você ainda não desenvolveu, porque eles representam o progresso futuro. Enquanto isso, cumpra as obrigações e viva uma vida simples, exibindo-se o menos possível.

TOURO 21-4 a 20-5

Para evitar o fracasso é imprescindível atrever-se a empreender, porque de outro modo você ficará idealizando mundos e fundos e irá dormir frustrado por nada acontecer. Atrever-se é imprescindível.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

A demonstração mais eficiente de autoridade não resulta de gritos ou imposições, mas de as pessoas se convencerem de você ter a razão. Isso é muito raro de acontecer, já que todos querem ter a razão em todas as discussões.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Melhor silenciar do que se dispor a falar mal de alguém, principalmente se a pessoa em questão se encontra ausente. Palavras são alimentadas com pensamentos e estes são transmitidos a distância. Os efeitos comprovam a teoria.

LEÃO 22-7 a 22-8

Estabilidade, segurança, recursos materiais, objetos e tecnologia de ponta, tudo isso é tão sedutor! A alma se convence de que sem essas condições a vida não valeria a pena. Contudo, a vida é maior do que tudo isso.

VIRGEM 23-8 a 22-9

A insegurança é filha do temor, mas também da ambição, porque se você não desejasse progresso tampouco haveria o que temer. Quando não se tem nada a perder é quando a alma é mais segura de si, capaz de empreender tudo.

LIBRA 23-9 a 22-10

Há assuntos que não podem, que não devem ser compartilhados, não pela sua própria natureza, mas porque ainda não estão maduros o suficiente para ser bem compreendidos. Melhor, então, continuar nutrindo-os em silêncio.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Sentir que se domina minimamente a própria vida é uma necessidade básica, mas que não deve tornar-se desproporcional ao ponto de você nunca mais respeitar outra autoridade. Há gente mais sábia do que você.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Sempre restará alguma virtude que ainda permanece em potencial, aguardando pela oportunidade de manifestar-se e, a seguir, que você a treine para que se transforme em hábito. Encontre essas virtudes ocultas.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Opiniões formadas e arraigadas são difíceis de superar, mas tendo em vista que tudo muda, que tudo deve mudar entre o céu e a Terra, será em relação a essas que você terá de aplicar maior empenho para superar.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Talvez o tempo solucione tudo e você não tenha de investir tanto empenho para romper os laços com certas pessoas. Contudo, a dúvida sobre isso acontecer naturalmente continuará nutrindo a vontade de radicalizar.

PEIXES 20-2 a 20-3

Reconhecer o valor das pessoas próximas e distantes, reconhecer o valor inerente ao ser humano em geral, tais atitudes só podem ser tomadas por pessoas que começaram a trilhar o caminho da divina sabedoria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.