A rainha Xuxa na idade da loba

Em meio a rebolados no estilo John Travolta e pulinhos da grife Padre Marcelo, Xuxa faz hoje sua festa de 40 anos. Com um parabéns a você entoado por um petit comitê nas maravilhosas dependências da Casa Rosa, como é chamada a mansão da apresentadora em Vargem Grande, distrito do Rio de Janeiro, Maria da Graça Xuxa Meneghel comemora sua entrada na idade da loba sem perder o título de "majestade dos baixinhos".A data será celebrada em um clima bem retrô. Xuxa provavelmente deve usar uma saia bem rodada - rosa, é possível - e blusinha clara, no melhor estilo Sandy, não a irmã mais famosa de Júnior, e sim a personagem de Olivia Newton-John no filme Grease, Nos Tempos da Brilhantina. O tema da festa foi idéia de Sasha, filha de 4 anos da apresentadora, que teria adorado o filme. E se Xuxa ajeitará os fios loiros à moda de Olivia Newton-John, o ex-namorado Luciano Szafir deve fazer as vezes de John Travolta, com um topete cuidadosamente moldado.É com o galã (com quem tem estreitado as relações nos últimos anos por conta de Sasha) que a "rainha" estaria planejando o seu maior projeto de vida: ter um segundo filho, que seria adotado ou chegaria pelas vias naturais. Mas nem a apresentadora nem Szafir comentam o assunto. Além da presença garantida de Szafir na festa, alguns poucos, porém fiéis amigos, foram convidados. O seleto grupo também deverá recorrer aos brechós e lojas de fantasia para aparecer na mansão na moda dos anos 60.Apesar da data e da festinha íntima à noite, a "majestade" passa o dia nos estúdios do Projac, trabalhando. Xuxa finaliza as gravações do projeto >Xuxa Só Para Baixinhos 4, cujo tema desta vez será praia. A fita VHS e o CD estão previstos para serem lançados em julho. A série Só Para Baixinhos tem sido o principal projeto de Xuxa em sua nova fase, desde o rompimento com Marlene Mattos no final do primeiro semestre do ano passado. A apresentadora já estava interessada em voltar a trabalhar com crianças desde o ano 2000, a ponto de bancar com o próprio bolso alguns projetos nesta área. Na mesma época começavam os atritos com Marlene Mattos, sua empresária e amiga por quase 20 anos.O retorno da apresentadora ao mundo das crianças pequenas rendeu três edições do projeto Xuxa Para Baixinhos, composto por CDs, DVDs e fitas VHS. Juntas, as três edições venderam 2 milhões de cópias e a apresentadora ainda recebeu um Grammy Latino de melhor disco infantil em 2002. Mas o projeto culminou no rompimento definitivo com Marlene Mattos. Segundo amigos da ex-dupla, até mesmo os telefonemas cordiais de "feliz aniversário" foram suspensos.Este momento atual pode ser interpretado como a quarta guinada na carreira de Xuxa, que saiu do anonimato para ser coelhinha, depois ninfeta dos baixinhos, apresentadora juvenil e, desde outubro do ano passado, apresentadora de programa infantil educativo.De pantera a rainha dos baixinhos - Xuxa nasceu em 27 de março de 1963, na cidade de Santa Rosa, no Rio Grande do Sul. O parto foi muito complicado - havia risco de vida não só para o bebê, mas também para a mãe, Alda. Mas a menina (a caçula de uma família de cinco filhos) vingou e, ainda bebê de colo, recebeu do irmão Bladimir o apelido de Xuxa. Aos 15 anos, após participar de vários concursos de beleza no Rio Grande do Sul, a moça resolveu ser modelo. Dois anos mais tarde, levou o título de Garota Pantera e posou nua para uma série de publicações masculinas. A fama, porém, chegou em 1980, como a namorada de Pelé. O relacionamento entre eles durou aproximadamente cinco anos.Foi Maurício Sherman - hoje diretor do Domingão do Faustão - quem acreditou, em 1983, que a pantera poderia agradar às crianças. Apresentou Xuxa à diretora Marlene Mattos e juntas fizeram o Clube da Criança, na extinta Rede Manchete. Dois anos depois elas foram para a Globo e o Xou da Xuxa virou mania entre crianças e pré-adolescentes.Entre ilariês, 20 milhões de discos vendidos, um patrimônio estimado em US$ 100 milhões e uma legião de garotas pintando o cabelo para ser Paquita, o Xou da Xuxa durou mais de 10 anos. Com a extinção do programa, Marlene Mattos resolveu lançar o Planeta Xuxa, para o público adolescente, desagradando a "rainha", em um desgaste de relação que culminou com o rompimento das duas e com projetos de programas infantis, como o Xuxa Só Para Baixinhos, o filme Duendes e o programa da Globo No Mundo da Imaginação, que, apesar das boas críticas, nos últimos meses vem caindo no Ibope.Ironicamente, a maior concorrente de Xuxa, agora na versão educadora, é Jackeline Petkovic, no SBT: uma loira de voz fininha, trejeitos infantis e pouca roupa, que, caso tivesse surgido nos anos 80, poderia ter se revelado uma perfeita Paquita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.