A purificação

A Lua continua crescendo no signo de Capricórnio

Oscar Quiroga, oscar.quiroga@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

07 de setembro de 2011 | 00h00

Antes de sermos dignos de receber o conhecimento disponível que nos libertará e conduzirá à criação de uma civilização justa e amorosa, estamos todos atravessando um longo e penoso período de purificação, mediante o qual temos de provar que nos livramos da irritabilidade que nos torna ofensivos e também que nos livramos do egoísmo selvagem. Energia limpa e gratuita disponível a todos é só a primeira e mais superficial das oferendas dessa nova civilização, mas apesar de estar sob nossos narizes, não a percebemos porque nossos olhos estão cheios de cobiça e presumimos, como sempre o fazemos, que tudo deve ser represado para servir a poucos e vendido a preço abusivo aos muitos. Nossa irritabilidade e egoísmo nos cegam e nada se pode fazer quanto a isso, a não ser aguardar que cada um de nós se purifique.

ÁRIES 21-3 a 20-4

As devidas recompensas não serão imediatas, ainda haverá mais investimento de esforço e tempo, apesar de você ter imaginado que, a esta altura, os resultados seriam evidentes. Eventos mundiais atrasaram o processo.

TOURO 21-4 a 20-5

A superioridade nem sempre é aparente, em muitos casos o estado de superioridade acontece justamente por você se abster de participar de dinâmicas competitivas que pecam pelo excesso. Superioridade é saber se conter.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

O dia em que você conseguir agradecer inclusive pelos aparentes fracassos, então conhecerá a verdadeira sabedoria. Enquanto isso, seu ânimo experimentará altos e baixos cada vez mais acentuados e frequentes.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Levante-se e faça uso de seu direito divino de viver o melhor possível. Faça essa reclamação, mas empreenda todo ato que faça isso sair da imaginação e se tornar obra concreta. As coisas não acontecem por si sós.

LEÃO 22-7 a 22-8

Resista a todas as tentações e viva de acordo com os mais elevados padrões de retidão, essa é a verdadeira guerra santa de todos os dias, cujo campo de batalha é subjetivo, invisível, porém extremamente real.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Toda resistência precisa ser superada e substituída pela alegre expectativa das transformações que devem ser postas em marcha. É estressante ter de abandonar o que parecia seguro, porém,

é a melhor atitude possível.

LIBRA 23-9 a 22-10

Depender excessivamente da opinião alheia para tomar decisões ou jogar é a atitude que limita seu livre-arbítrio. Quando o livre-arbítrio é limitado, todo o restante da vida sofre, pois liberdade menor é ser menos humano.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Até nos momentos mais obscuros acontecem pequenos milagres, mas para não deixá-los passar em branco você deve defender seu coração e nunca permitir que se contamine com as situações amargas que foram experimentadas.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

As reações espontâneas são reveladoras. Observe, por isso, a maneira com que as pessoas se manifestam espontaneamente, mas também observe com atenção as suas próprias reações. Conhecer-se bem é fundamental.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

O grande milagre acontecerá quando as pessoas decidirem se orientar pelo que de mais elevado e digno houver nelas. O mais profundo ser, o íntimo, o luminoso, é aquilo que por enquanto se encontra aprisionado.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Divertir-se é mais do que um direito, é quase uma obrigação, porque nas condições atuais do mundo é necessário preservar o astral elevado e, principalmente, um estado de humor que permita rir mais do que o habitual.

PEIXES 20-2 a 20-3

As crises do mundo atual não são inesperadas, pelo contrário, são crônicas anunciadas há muito tempo e por isso as pessoas tiveram como se preparar devidamente. Menos queixas e mais boa vontade para seguir em frente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.