A proteção

Marte e Plutão em oposição; Lua quase Cheia de Capricórnio é Vazia

Oscar Quiroga, oscar.quiroga@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

11 de agosto de 2011 | 00h00

Ainda que pareça impossível evitar a perturbação crescente do mundo que inexoravelmente produz sua autodestruição é isso mesmo que todo ser humano medianamente sensível deve fazer; sem ir mais longe para proteger seu círculo familiar. Porém, proteger não é o mesmo que enclaustrar-se. Pelo contrário, a verdadeira proteção é amorosa, inclusiva e penetrante, não se caracteriza por produzir temor e afastar, mas por desarmar o mal que por ventura queira ameaçar. Semelhante magnetiza o semelhante, esta é a verdadeira lei da atração, o oposto do que conhecemos no mundo físico. Aumente sua perturbação, medo e desespero e a decadência do mundo civilizado levará você junto com ela. Produza alegria e tolerância e sua alma se salvará.

ÁRIES 21-3 a 20-4

No meio de circunstâncias limitantes que já deviam ter sido superadas sua alma se pergunta onde foi que errou. A essa altura é irrelevante conhecer a origem da culpa, apenas é necessário continuar seguindo o roteiro.

TOURO 21-4 a 20-5

Faça o certo e não questione a relatividade do valor moral do que é certo ou errado. O certo sempre será o certo e se comprovará na prática, produzindo benefícios verdadeiros e libertadores ao seu círculo social próximo.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Não há melhor situação que a atual, mesmo que seja difícil apreciá-la. Na verdade, você tem a sensação de tudo ser maior do que sua capacidade de administrá-lo. Cuide para que a humildade não seja mera recusa de agir.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Navegue por essa onda complicada da atualidade com o menor receio possível. Para isso você terá de aprender a dominar sua mente, que constantemente produz pensamentos preocupantes. Caberá a você atendê-los ou não.

LEÃO 22-7 a 22-8

Perder o fio da meada e se esquecer da verdadeira causa dos estragos em andamento é uma tragédia sem cabimento no momento atual da história humana. Tudo deve ser consertado de acordo a padrões reais de justiça e ética.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Demorar para tomar a atitude ainda que tudo indique urgência não seria, agora, uma forma de demonstrar fraqueza, mas sabedoria. As dúvidas que pairam nos bastidores de sua mente devem ser levadas a sério.

LIBRA 23-9 a 22-10

Nesta civilização nossa, que se gaba de racional e sofisticada, a fé foi desvalorizada. Eis que para compreender e aceitar o que se desenvolve atualmente nada seria mais valioso e eficiente do que esse instrumento, a fé.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Experimente enxergar a situação de um ponto de vista radicalmente contrário ao seu. Faça isso para ampliar o panorama de entendimento e para não correr o risco de limitar as soluções por não aceitar diferenças.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

A impossibilidade de pisar em terreno verdadeiramente seguro não é um castigo, mas um convite a você se aventurar e experimentar a instauração de relacionamentos completamente diferentes dos do passado.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Tudo é diferente do que você imaginava ou desejava, mas não necessariamente uma contrariedade, ou pelo menos não é nada que contrarie definitivamente seus verdadeiros planos. É tudo uma questão de tempo.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

A dor do arrependimento não é um destino em si, só um degrau no processo de redenção e libertação. É a limitação que os erros produzem que acarreta sofrimento; sua redenção, pelo contrário, promove gozo e alegria.

PEIXES 20-2 a 20-3

Suspenda suas preocupações e afirme em sua mente as imagens mais belas e alegres que você consiga imaginar. Num dia como o de hoje, insistir nas preocupações produziria um mal muito maior que o das próprias preocupações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.