A prece

Lua é Cheia no signo de Aquário

Oscar Quiroga, oscar.quiroga@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2011 | 00h00

Se você quiser falar com o Altíssimo não se dirija a sua excelsa presença carregando consigo agruras e limitações, se apresente como um Filho identificando-se com sua glória. As agruras e limitações são criações nossas, fruto do laboratório de experiências mediante o qual testamos a nós mesmos como organismos cósmicos de criatividade. Essas são as correntes feitas de pensamentos, emoções e atividades que colocamos em marcha e só nós, por tê-las inventado, somos responsáveis por redimi-las e libertá-las e, ao fazê-lo, libertar a nós mesmos. Se você quiser inspiração para reconhecer em sua própria alma os meios para realizar essa tarefa, então se dirija ao Altíssimo através de uma prece alegre e descontraída; essa será respondida instantaneamente. Afinal, o Altíssimo não é distante; é íntimo, é a Vida de sua vida.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Toda reviravolta é propícia e o mundo as produz em abundância na atualidade. É importante, porém, saber apreciar a natureza dessas reviravoltas, porque nem todas devem ser aproveitadas por você, apenas algumas poucas.

TOURO 21-4 a 20-5

Nunca negligencie seus princípios nem muito menos os comprometa, pois sem esses você não seria ninguém. As coisas são complicadas e requerem negociações difíceis, mas nada será motivo para abrir mão dos princípios.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

O desespero circula nada discretamente nos relacionamentos sociais e, por isso, o cenário não é propício para ficar fazendo piadas cujo conteúdo arriscaria você a criar encrencas. O humor não é o mesmo de antes.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Ninguém deixa de obter o que deseja, mas é aí mesmo que radica o problema, pois, por acaso a alma sabe verdadeiramente qual é a natureza de seus desejos mais íntimos? Melhor, então, aprender a desejar direito.

LEÃO 22-7 a 22-8

O fracasso de todo relacionamento consiste em as pessoas recusarem o desafio de aventurar-se além de suas bolhas existenciais individualistas. Só quando a alma fica encerrada em si mesma o relacionamento fracassa.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Continuar fazendo demonstrações evidentes de força e impondo sua vontade significará se expor cada vez mais e, por isso, enfraquecer sua posição também. Reconheça o momento de recuar, que é agora mesmo.

LIBRA 23-9 a 22-10

A impressão de descontrole deixou de ser meramente isso, impressão, é comprovada na realidade cotidiana das corporações e instituições governamentais. Não há como os relacionamentos deixarem de ser afetados por isso.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Atualmente a regra da impunidade consiste em se praticar um crime e se por acaso alguém ousar denunciá-lo então quem o praticou fará acusações desse crime ao denunciante e, no fim, tudo terminará em discussão inútil.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Ninguém deve ser obrigado a deixar de mudar de opinião só para preservar a coerência. É melhor passar por incoerente do que sustentar opiniões decadentes. Porém, é honesto aceitar que se tenha mudado de opinião.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Aproveite cada minuto disponível para o descanso, desfrute cada pequeno prazer que a vida lhe proporcione, isso habilitará sua alma a enfrentar com ânimo renovado as dificuldades e riscos do momento atual.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Tornou-se voz comum afirmar que relacionar-se seja difícil porque as pessoas são complicadas. Toda complicação do inexorável destino de relacionar-se é artificial. Ou seja, as pessoas complicam porque o desejam.

PEIXES 20-2 a 20-3

A impossibilidade de fazer valer sua vontade é claro sinal de ser propício um recuo estratégico. É melhor aceitar a derrota numa batalha do que colocar em risco o fracasso total por não saber medir a oportunidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.