A mistura que deu certo no Alimentari

A cozinha proporciona estranhos casamentos, como o que Sérgio Arno e Vanda Barrreto patrocinam no Alimentari Pasta & Dendê. Apesar da incompatibilidade de gênios, uma aliança que acaba funcionanto, pois as massas da casa são mais do que testadas e a cozinha baiana apresenta muitas qualidades, embora em alguns casos as receitas se distanciem das originais.Sérgio Arno acabou criando quase uma cadeia de restaurantes na Pedroso Alvarenga, no Itaim Bibi. A sua cozinha italiana moderna, criativa e muito competente está na "casa mãe", o La Vecchia Cucina. No simpático Alimentari, numa antiga residência adaptada no número 543 da mesma rua, um misto de rotisseria com cantina italiana muito movimentada. Finalmente, no térreo de um edifício ao lado, o Alimentari Pasta & Dendê.Sérgio Arno gosta muito das cozinhas regionais brasileiras, o que explica a associação com a simpática e competente Vanda Barrreto, baiana de Itabuna, que já teve um restaurante com seu nome num ponto ingrato, numa travessa da Avenida São João, passou rapidamente pelo Tempero Brasil e que costuma dar suas receitas às terças-feiras no muito bom programa de Ronnie Von. Ela supervisiona a cozinha e costuma conversar com os clientes, sempre vestida com vistosos trajes típicos.Como bom cavalheiro, Sérgio Arno deixou o foco das atenções para a cozinha baiana de Vanda, que ocupa espaço consideravelmente maior no cardápio. São 13 porções para o aperitivo (com preços entre R$ 6 e R$ 22); sete saladas (entre R$ 6 e R$ 14); sete caldos, sopas e ensopados (entre R$ 6 e R$ 34, uma porção para duas pessoas); oito moquecas para duas pessoas (entre R$ 32 e R$ 68); oito pratos principais (entre R$ 18 e R$ 36, um prato para duas pessoas); cinco pratos com o camarão (todos a R$ 42); quatro lagostas (todas a R$ 58); cinco receitas com carne de sol (todas a R$ 18); 14 acompanhamentos (todos a R$ 8); sete pratos especiais que só são feitos sob encomenda e 17 sobremesas (todas a R$ 6).A parte italiana é mais concisa. Propõe cinco saladas (entre R$ 7 e R$ 12); três risotos (entre R$ 16 e R$ 20); oito massas (que podem ser servidas com 12 molhos e que custam entre R$ 10 e R$ 14) e dez pratos principais (carnes, aves e peixes, entre R$ 15 e R$ 20). De segunda a sexta, nos almoços, há um bufê com pratos quentes das duas tendências (R$ 16,90). Aos domingos, um "brunch ítalo-baiano" (R$ 26,90).Gostoso, bem espesso, com bastante coentro, o caldo de sururu, um marisco das águas salobras das lagoas perto do mar e que são melhores nas Alagoas. Os acarajés são pequenos, delicados, sem muito paladar do dendê, servidos com vatapá, um molho de tomate e camarões secos. Também pedida como entrada, a saborosa carne de sol desfiada com cebola. Carne de sol desfiada em pedaços relativamente grandes, um pouco rija, porém muito saborosa.Excelentes os cuscuz de peixe e de camarão. Cuscuz bastante úmido, quase uma papa, feito principalmente com a farinha de milho e com um pouco de farinha de mandioca para dar liga, realmente delicioso. Um vem com bastante camarão no ponto certo, meio durinho. Outro, com muito peixe desfiado. Os dois pagariam a visita.As moquecas decepcionaram um pouco. Elas estavam boas, ricas, mas meio tímidas, sem a potência e o toque da pimenta que se espera de tais pratos. Um pouco "doces", segundo um amigo nordestino. Moquecas um pouco adaptadas ao que se supõe ser o paladar de São Paulo. Muito rica a moqueca mista de peixe e camarão.O vatapá completo vem com uma igualmente rica moqueca com vários peixes e frutos do mar, na qual se destacavam os siris-moles, que se deixam comer inteiros e são muito saborosos. Vatapá em si muito gostoso, com um toque defumado meio diferente, que chegava a lembrar o bacon. Vanda explica que isso vem do camarão da Bahia, que é seco e ainda defumado O restaurante em si é agradável, confortável, claro, mas meio frio, com muito pouco a ver com a quente cozinha baiana. Um salão com 17 mesas, um belo balcão com poltronas de palhinha, uma bancada para montar os bufês e decoração moderna.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.