A maquiagem impossível

Vênus em quadratura com Júpiter e Saturno, mas em trígono com Netuno; a Lua cresce em Câncer.

Quiroga, astro@o-quiroga.com.br, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2010 | 00h00

Ainda que o esforço de maquiagem da decadência de nossa civilização seja admirável e revele criatividade, não há mais como melhorar o que já fede. Aos cadáveres aplica-se uma linda maquiagem para torná-los apresentáveis, mas não se pode mantê-los à vista além do tempo estritamente necessário, já que logo a putrefação se tornaria evidente. Como é impossível ocultar a civilização de nossos olhos, porque nós somos ela, desvia-se a atenção e finge-se que o problema é doméstico, quando na verdade é endêmico. Melhor assim, porque esta decadência não é tanto produto dos erros passados, é a onda de benéfica organização futura que a produz, uma modalidade inteiramente nova de administração dos afazeres humanos, feitos civilização.

ÁRIES 21-3 a 20-4

O óbvio acaba sendo o menos percebido, justamente porque é visível demais. Porém, agora é imprescindível que você recupere o valor de tudo que era tão evidente que acabou despercebido. O que você precisa está aí.

TOURO 21-4 a 20-5

Estude, observe, compare informações, não se conforme com o que ouvir ou ler, vá mais fundo. Questione

e critique, mas com o intuito de verdadeiramente conhecer a natureza do momento que você vive, que é excepcional.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Poucas opções restaram, mas isso não significa que sua alma seja obrigada a tomar decisões que não prefere. Afirmar que você faz isso ou aquilo porque não haveria outra opção é renegar o livre-arbítrio que o céu concede.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Decisões firmes e atitudes duras sim, mas não será necessário fazê-lo de forma impulsiva. Pense e repense tudo que acontece e os passos que você dará, nada precisa acontecer ao acaso nem tampouco deixando pontas soltas.

LEÃO 22-7 a 22-8

Os constrangimentos se estenderam além da conta, em parte porque você não tomou as atitudes necessárias para libertar-se desses.

Alimentar tais constrangimentos gerou limitações, mas que já não servem para mais nada.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Permita que razões diferentes das suas guiem seus passos, experimente sair de si um pouco para conhecer outros mundos. Isso é bastante urgente, mas ainda dá tempo antes que a necessidade seja ineludível.

LIBRA 23-9 a 22-10

Conhecemos a sorte nos momentos mais apertados, porque de outra forma essa passaria despercebida. Conhecemos a sorte quando a lógica diz que tudo iria para o inferno, mas surpreendentemente é o céu que acontece.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Nada é longe nem perto, tampouco impossível ou de graça, as coisas são como são e seus pés nunca estarão fora do caminho predestinado. Haverá margem de manobra para você optar, mas não para se perder.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

A antecipação dos resultados é uma satisfação em si mesma, porém não finaliza o caminho. Por isso, tenha cuidado e restrinja esta satisfação para que sua mente não confunda o meio com o fim. Ainda há caminho.

CAPRICÓRNIO 21-12 a 20-1

Observe atentamente o bom desempenho das pessoas que sofrem problemas graves e adversidades, porque é delas o exemplo que você deve seguir, assim como também perceber que o grandioso não acontece facilmente.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Tamanho não é documento, reza o provérbio. Transfira esse ditado para o momento atual, percebendo que não é importante dar passos grandiosos, motivados pela ambição. Importa apenas que você faça pouco, mas bem-feito.

PEIXES 20-2 a 20-3

Inúmeros caminhos e possibilidades ficaram disponíveis, o que não facilita nada suas decisões. Melhor será que você medite profundamente sobre as razões que guiaram até aqui, para tomar decisões claras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.