A liberdade

Mercúrio e Urano em quadratura; a Lua míngua em Aquário

Oscar Quiroga, O Estado de S.Paulo

18 Junho 2011 | 00h00

A essência humana é a própria liberdade, pois não temos nenhuma obrigação com a natureza, suas leis e impulsos apenas nos informam o curso, mas em nós reside a capacidade de decidir que sentido lhes dar. Por isso a violência brutal de nossa humanidade é cheia de culpa enquanto a dos animais é inocente. Por isso somos também responsáveis por nutrir nossas mentes de conhecimento, ampliando a percepção da vida, aceitando sua complexidade e assumindo a responsabilidade de dar a nossos pensamentos, palavras e atos a tonalidade mais nobre possível. Somos livres porque somos humanos, mas nada nos livra do resultado de nossas decisões, que nos seguirá por toda a eternidade até que por uma nova e sábia decisão o libertemos de nosso encalço. Chamam a isso de karma, mas você pode chamar de direito autoral.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Por que será que as pessoas continuam a se importar com os pequenos assuntos quando grandes planos se encontram em marcha? Nada conseguiria explicar isso, a não ser uma tendência sinistra na direção da mesquinharia.

TOURO 21-4 a 20-5

Há coisas que não podem ser explicadas, mas que a alma sente serem importantes. Por que, então, se esforçar para lhes encontrar explicação? Neste momento valerá mais atrever-se a experimentá-las do que explicá-las.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Em vez de fazer força para pisar em terreno seguro e previsível, abra sua mente a todas as novidades que a atualidade trouxe consigo e se disponha a andar pela vida afora guiando-se pelo espírito de aventura.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Ensaie seus melhores passos e coreografias, imaginando sua atuação como se estivesse tocando uma música muito difícil de ser acompanhada. A destreza dos movimentos será essencial num momento como o atual

LEÃO 22-7 a 22-8

Se os fatos novos subvertem a rotina que com tanto cuidado você tinha organizado, em vez de se enfadar e gastar tempo demais nesse estado alterado de humor, disponha-se com boa vontade a fazer os devidos ajustes.

VIRGEM 23-8 a 22-9

O mais difícil é conseguir que seja unânime a decisão, mas isso se tornou fundamental. Por isso, o surgimento de fatos novos que apagarão a discórdia será ótima oportunidade para avançar na direção da unanimidade.

LIBRA 23-9 a 22-10

Já ficou evidente, através dos acontecimentos, que seria impossível continuar sustentando os planos originais e que esses precisam ser mudados substancialmente. Quanto antes isso for feito, melhor para todos.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

A desordem traz em seu ventre ótimas notícias, mas você vai ter de garimpá-las, já que não se revelarão com facilidade. Use sua intuição, dê mais valor a ela do que a todos os planos sensatos que você fez até aqui.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Você é a alma mais competente para administrar o momento atual, porque sua mente está aberta às novidades e não vê problema em abandonar sumariamente um caminho e iniciar outro completamente diferente.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

A loucura alheia é facilmente criticável, mas acontece que de vez em quando, como agora, somente uma atitude nada convencional seria capaz de assimilar as novidades enquanto elas estão acontecendo. Aproveite.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Muna-se de boa vontade para se reorganizar ao mesmo tempo em que as coisas ficam fora de controle. Um pouco de bagunça será a melhor condição possível para que o progresso aconteça num futuro nada distante.

PEIXES 20-2 a 20-3

Fatos novos são bem-vindos, ainda que à primeira vista não sejam portadores das notícias que você teria desejado receber. Acontece que no ventre desses fatos novos se cozinha o futuro mais do que desejável.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.