A indústria da moda me deixou muito magra, diz Kate Moss

Modelo britânica revela que não comeu por muito tempo porque não havia comida nos desfiles, diz jornal

da Redação, estadao.com.br

28 de agosto de 2008 | 16h47

A modelo britânica Kate Moss está na capa da revista americana Interview com uma revelação bombástica para o mundo da moda. Ela, que é uma das modelos mais famosas do mundo, admite que a indústria da moda a deixou magra demais. Kate, que raramente concede entrevistas, falou sobre sua vida e sua carreira, informa nesta quinta-feira, 28, o jornal britânico The Guardian.   Veja também: Artista britânico esculpe modelo Kate Moss em ouro   "Eu não comi por muito tempo. Não de propósito. Você vai a um desfile e lá não tem comida", declarou a top model à publicação. "Eu nunca fui anoréxica. Eu lembro que pensava que não queria ser muito magra", continuou.   Na Vogue deste mês, Karen Elson, que confesso no passado "não comer, ter bulimia e tomar laxantes", ecoou as palavras de Kate. "Eu lembro que quando voltei de um trabalho em Paris, um estilista me perguntou: 'você tem comido muitos croissants, Karen?". Ao Guardian, ela revelou que "a moda tem uma obsessão para encontrar jovens bonitas e vulneráveis. Então, a indústria as traz para o mundo fashion com elogios, mas depois as despreza quando atingem a puberdade e a cintura cresce."   A indústria da moda, no entanto, já tenta contornar a situação. No Reino Unido há um comitê, o Model Health Inquiry, que foi formado no ano passado para auxiliar no bem-estar das modelos durante a semana de moda de Londres. Também há o Santuário das Modelos, que dá a elas conselhos de nutricionistas, de acordo com o jornal britânico.   Porém, ainda há ameaças. Na semana passada, uma proposta de exigência de um certificado de saúde para as modelos, que atestaria a "aptidão para o trabalho", foi rejeitada em Nova York, Milão e Paris, segundo o Guardian. "A indústria da moda está unida contra os certificados. Vamos achar uma alternativa", afirmou Hilary Riva, chefe executiva do Conselho Britânico de Moda.

Tudo o que sabemos sobre:
Kate Mossmoda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.