A história que nunca mais será a mesma

Mercúrio, Marte e Plutão em conjunção; a Lua cresce em Aquário

astro@0-quiroga.com, O Estado de S.Paulo

09 de dezembro de 2010 | 00h00

Vários e divergentes são os poderes que comandam a realidade da civilização humana e seus interesses foram postos em conflito nos últimos tempos, porque o equilíbrio se perdeu. Toda vez que isso acontece, emerge o espírito da guerra, que raras vezes é justo, já que motivado por interesses predatórios. Nesses momentos, a imensa maioria dos seres humanos é arrastada para dentro desse estado de guerra e seu sofrimento tratado como mero efeito colateral. Até aqui essa ciranda se repetiu ao longo da história, mudando apenas de endereço e nome de protagonistas, sendo feita de uma inércia que sequestra a mente dos que se acham no comando. Porém, algo diferente está no ar, já nada é como antes, nunca mais as coisas se resolverão como antigamente.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Você sabe, uma das coisas mais difíceis de acontecer é as pessoas cumprirem a palavra empenhada. Porém, apesar da dificuldade, não seria digno começar

a desconfiar de todo mundo de forma antecipada por isso.

TOURO 21-4 a 20-5

Mudar de opinião é fundamental para uma alma que pretende ser livre. Porém, dizê-lo é mais fácil do que fazê-lo, já que uma coisa é mudar de opinião subjetivamente, enquanto outra é admitir isso aos seus interlocutores.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Você conhece aquele provérbio, mais vale prevenir do que remediar? Pois é, nada se aplicaria melhor ao seu momento, porque se tornou possível, mediante sentimentos e pressentimentos, antecipar-se ao que virá por aí.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Você conhece seus íntimos dilemas, mas deve saber também que não é a única pessoa entre o céu e a Terra a tê-los. Acontece apenas que tal qual você faz, a maioria das pessoas oculta seus mais íntimos dilemas.

LEÃO 22-7 a 22-8

Reveja suas atitudes, faça isso antes de produzir situações que dificultariam a vida de todo mundo, inclusive a sua própria. Melhor mudar de rumo antes de o rumo mudar por si só e você ter de correr atrás do prejuízo.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Considere seus pressentimentos com cuidado, alguns são ilusórios enquanto outros são verdadeiros. Porém, a questão toda reside em reconhecer a diferença entre uns e outros e, também, escolher os certos.

LIBRA 23-9 a 22-10

Melhor do que seguir impulsos e dar partida a novos assuntos será continuar o que estiver em andamento, principalmente se for o caso de rever o que aconteceu até aqui. Pense em descansar ainda que a situação não o permitir.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Palavras ditas não podem ser recolhidas, melhor pensar antes de dizê-las então ou, pelo menos, pedir o devido perdão quando você perceber, depois, que foram duras demais ou que nunca deveriam ter sido ditas.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

O que foi vendido como absolutamente certo e seguro tornou-se incerto e inseguro. As coisas andam mudando com rapidez maior ainda do que a alma sagitariana comportaria. Porém, nada indica que as mudanças sejam negativas.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Dê um tempo para respirar, faça isso a despeito de parecer não haver tempo disponível para baixar a defesa. Sem respiro, a pressão se tornará insuportável. Pense que nada do que poderia fazer agora mudaria algo.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Este não é um momento que comporte a habitual franqueza, determinados assuntos precisam ser guardados sob sigilo, ou melhor, em total segredo. Talvez isso pese em sua consciência, mas a divulgação pesaria ainda mais.

PEIXES 20-2 a 20-3

Algo não anda bem no reino dos sonhos, aqueles que outrora forneciam combustível para suportar as agruras e continuar lutando como uma alma verdadeiramente heroica. Algo não anda bem, mas não dá para saber o quê.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.