A guitarra experimental do MDM

Mário Cappi, uma das forças criativas por trás do som vanguardista da banda Hurtmold, produziu uma série de faixas com um simples pedal de loop e gravou-as na secretária eletrônica de sua mãe até decidir que estavam suficientemente boas. Com a ajuda de amigos, criou então o seu novo projeto, MDM, que explora canções por meio de belas camadas de guitarras, timbres eletrônicos e ruídos sintéticos emulados por um toca fitas. O grupo lança seu primeiro disco, amanhã, no MIS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.