A Grande Família chega ao 200.º episódio e traz novidades

Em vias de estrear no cinema e ser rifada na TV, "A Grande Família" chega à sua 200ª edição nesta quinta-feira. Baseada nos originais de Oduvaldo Vianna Filho, a comédia de costumes pode sair de cena em 2007, atendendo a reivindicações de parte do elenco. A direção da Globo, no entanto, é contra: ressuscitado em 2001, o programa continua a bombar no ibope e reúne, como raras idéias ao longo da história da TV, espectadores de todos os naipes, classes sociais e etárias.Fechando seu 2.º ciclo agora ou não, o fato é que a etapa despolitizada da "Grande Família" já dura cinco anos e soma mais episódios do que a safra que fez dela um título de vanguarda entre 1972 e 75. Quando retomou o programa, a Globo até adotou os originais de Vianinha como base, mas mesmo aqueles foram esvaziados do teor engajado e logo o baú se esgotou. Em 75, a emissora só tirou o programa do ar em função da morte do dramaturgo.A edição de número 200 será brindada com a chegada de Dona Beiçola. Não é personagem nova. É a Nenê, da adorável Marieta Severo, que assume a pastelaria de Beiçola (Marcos Oliveira), preso após se vestir de mulher para tentar receber a pensão da mãe, morta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.