A beleza merece veneração

Vênus em oposição a Netuno ingressa em Virgem; a Lua é quarto minguante em Touro

Oscar Quiroga, O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2011 | 00h00

Por que nossa humanidade fica admirada com a beleza? Porque no íntimo reconhece que essa experiência sublime não pode ser fruto do acaso. Ainda que sem entender os complexos mecanismos que resultam na beleza em todas suas formas nossa humanidade enxerga nela a confirmação de sua íntima suspeita de haver um Plano Maior em andamento. A beleza merece toda veneração, é uma experiência que renova a esperança de todos, sem exceção, estarmos incluídos em sua magnífica ordem. Um dia seremos todos belos, inteligentes e sábios, até lá toda experiência de sublime beleza nos serve para mitigar nossa fome. As almas ressentidas veem na beleza o objeto da cobiça, que não serve à identificação com ela, mas à vontade de destruí-la com ciúme, inveja e mesquinharia.

ÁRIES 21-3 a 20-4

É fundamental continuar desenvolvendo conquistas, mas a esta altura do campeonato, e para sua alma não se perder, é imprescindível conter a onda que a cobiça provoca. Desapego e contentamento servem para isso.

TOURO 21-4 a 20-5

A situação é terminante, não admite folgas; por isso a tensão. Procure navegar com leveza, ainda que nada propicie essa atitude. Procure também evitar a ingenuidade de achar que tudo se resolverá com simplicidade.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Mantenha a cabeça fria a despeito de nada propiciar essa atitude. Promova dinâmica, como é próprio da natureza essencial

de seu signo. Faça isso em vez de se deter a envolver-se em discórdias transitórias.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Compartilhar é a verdadeira vitória. Por isso, agora que você se aproxima

da conclusão de certas conquistas, é necessário observar com cuidado o panorama social e definir com quem vai realizar essa verdadeira vitória.

LEÃO 22-7 a 22-8

A tentativa de estar no controle de tudo é incompatível com o que neste momento se tornou necessário. Como as coisas e tendências mudam com velocidade vertiginosa, é melhor ter ginga do que assumir o controle.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Sacrifique sua vontade de controlar os acontecimentos, se permita uma dose generosa de incerteza porque essa é a atitude mais sincera perante o panorama atual. A incerteza deixa a porta aberta ao que der e vier.

LIBRA 23-9 a 22-10

O excesso de controle tanto quanto as atitudes despóticas revelam desespero. Neste momento tudo isso é inútil e contraproducente. A necessidade na atualidade se supre por meio

de movimentos criativos.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

A pressão dos acontecimentos é incompatível com o tempo que sua alma precisa para tomar as atitudes pertinentes a cada caso. Por isso, suporte a pressão, não se deixe dominar pelo temor e procure agir com sabedoria.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Nunca foi tão necessário quanto agora ter em mente um objetivo claro e se ajustar a esse a despeito de as circunstâncias serem adversas. Neste momento você deve ser mais do que todas as circunstâncias.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

As coisas não estão nada parecidas com o jeito que sua alma considera que deveriam ser. Porém, isso não significa que as coisas só sejam adversas. Conduza tudo com redobrada sabedoria, fazendo concessões.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Em vez de irritar-se com as contrariedades que as pessoas criem, procure ter o máximo de compaixão por elas. Compreenda que a falta de sabedoria delas as leva a criar contrariedades em vez de resolver seus problemas.

PEIXES 20-2 a 20-3

Nada espere, tome a iniciativa e vá em busca do que estiver dentro de seus planos. Esperar os acontecimentos atrelaria sua alma à inércia do mundo, que não é desejável. Tome a iniciativa e antecipe as mutações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.