4.ª Bienal do Mercosul anuncia lista de artistas

A 4.ª Bienal do Mercosul já está tomando forma. A organização da Bienal do Mercosul anunciou hoje a relação completa dos artistas que farão sua edição 2003, que acontece de 4 de outubro a 7 de dezembro. Clique para conhecer a seleção.Um dos destaques revelados nesta quinta-feira, em entrevista coletiva em Porto Alegre, é a instalação do artista plástico e engenheiro Ary Perez, que vai compor um mapa genético da própria Bienal. Com supervisão do geneticista e professor da Universidade Federal de Minas Gerais Sérgio Danilo Pena, o segmento Arqueologia Genética discutirá a ancestralidade dos artistas e de outros agentes culturais presentes na Bienal. Na opinião de Perez, o trabalho permitirá uma identificação das principais raízes étnicas dos artistas da Bienal, fornecendo mais um elemento para refletir sobre as origens dos povos do Mercosul.Arqueologia Genética se soma a outros dois segmentos transnacionais, Arqueologia das Terras Altas e Baixas, dedicado à arte pré-colombiana, e O Delírio do Chimborazo, com obras inspiradas no "libertador" Simon Bolívar. Além dos módulos transnacionais, a Bienal apresenta as Representações Nacionais de sete países, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Uruguai, México, além do Brasil, que terá duas salas. Uma delas será reservada aos artistas selecionados pelo curador Franklin Pedroso, entre eles Lygia Pape e Ivens Machado. A outra será dedicada ao gaúcho Saint Clair Cemin, homenageado este ano pela Bienal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.