Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

310 mil lares a mais ligaram a TV no frio de SP

Maria Cristina Poli se despede hoje do Jornal da Cultura. A jornalista deixa a emissora, por discordar da política adotada pela atual gestão da Fundação Padre Anchieta, na voz de Marcos Mendonça, que prepara uma reforma no jornalismo da casa.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2013 | 02h14

Salve Jorge não substituirá Avenida Brasil na rede portuguesa SIC, mas será contemplada com um horário mais tardio na emissora (23h30), sob o batismo de A Guerreira. Já Amor à Vida ocupará a vaga de Carminha & Cia, às 22h45.

Da Globo, a SIC também lançará no próximo mês a novela Sangue Bom, tendo como trunfo a origem portuguesa da autora do folhetim, Maria Adelaide Amaral.

O triplo lançamento de novelas da Globo em Portugal nesta temporada justifica a comitiva de 15 jornalistas portugueses que a SIC traz ao Rio nos próximos dias para um tour hollywoodiano no Projac, o complexo de estúdios da emissora em Jacarepaguá.

Águias da Cidade, série em produção pela Mixer para uma 2ª temporada na Discovery, volta a enfocar o trabalho do patrulhamento da Polícia Militar de São Paulo, mas ainda tem grandes chances de ganhar outras temporadas, dessa vez no Rio e em Manaus.

Águias 2. A equipe da produtora Mixer considera que a topografia do Rio, somada ao ritmo de metrópole, favorecem grandes histórias de salvamento. Já em Manaus, o foco ficaria com os socorros feitos no meio da selva amazônica.

O apagão analógico, que trata do período em que o País começará a operar só pelo sistema digital, norteia o congresso anual da SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão), que começa terça, no Centro de Exposições Imigrantes. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, é presença aguardada no evento.

Ninho/Juliano Cazarré sequestra a própria filha, Paulinha/Klara Castanho, em Amor à Vida, mas a menina não cede ao esforço que ele fará para agradar. Em determinado momento, ela se recusará a comer. No ar, a partir da próxima quinta-feira.

Frio sempre fez bem à audiência da TV, mas a brusca queda na temperatura, anteontem, rendeu à Record o recorde do ano no dia, na faixa das 7 h à 0 h, na Grande São Paulo: 9 pontos. Os méritos não foram furtados de outra rede aberta - a Globo somou 16 e o SBT, 6, ambas com bom resultado para os parâmetros atuais. O que cresceu foi o índice de domicílios com televisores ligados na região. Na média das 7 h à 0 h, 45% dos lares na Grande São Paulo ligaram a TV anteontem. São 5 pontos porcentuais a mais que na quarta anterior, no mesmo horário e região, onde cada ponto porcentual equivale a 62 mil residências, segundo o Ibope.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.