275 anos de tradição

Primeira escola de dança teatral da Rússia a atual Academia Vaganova foi fundada em maio de 1738. Um decreto da imperatriz Anna criou a instituição de São Petersburgo, que se tornou conhecida como Escola Imperial e seguia os ensinamentos do francês Jean-Baptiste Landé. Outros professores que marcaram essa trajetória foram Jules Perrot, o criador do balé Giselle, e Marius Petipa, artista que, ao lado de Tchaikovsky, concebeu as obras-primas do repertório do século 19: O Quebra-Nozes, O Lago dos Cisnes e A Bela Adormecida.

O Estado de S.Paulo

12 de maio de 2013 | 02h07

A chegada de Agrippina Vaganova, professora, dançarina e coreógrafa russa, mudou os rumos da escola, que, em 1957, foi rebatizada com seu nome. Entre seus alunos notáveis, estão figuras essenciais da história da dança como George Balanchine, Anna Pavlova, Vaslav Nijinsky, Rudolf Nureyev e Mikhail Baryshnikov. / M.E.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.