"24 Horas" convence crítica e público na TV

Demorou um ano, mas a Fox conseguiu o hitque queria. Foi ao ar ontem nos Estados Unidos o segundocapítulo da série de TV cult 24 Horas. O seriado de açãomais criativo da TV americana voltou ao ar na semana passada comaltos índices de audiência, façanha que não tinha conseguido emsua temporada de estréia. O programa no qual Kiefer Sutherlandfaz o papel de um agente secreto de uma organizaçãoantiterrorista foi sucesso de crítica em sua estréia, masdemorou para conquistar o público. Ainda assim, virou maniaentre fãs do gênero.Na temporada de estréia, Jack Bauer tenta proteger o candidato àpresidência dos Estados Unidos de vários atentados terroristasde uma organização sérvia, ao mesmo tempo em que lida com oseqüestro de sua mulher e filha pelos vilões (pare por aqui sevocê não quiser saber o que acontece na trama). Tudo acabou maisou menos bem: David Palmer (Dennis Haysbert) é salvo e osterroristas são mortos (inclusive a agente dupla Nina Myers,papel de Sarah Clarke), mas a mulher do agente, Teri (LeslieHope), é assassinada.Na nova temporada, cuja história é passada um ano depois, Baueré um sujeito amargo e deprimido. Deixou a filial de Los Angelesda Counter Terrorist Unit e está com problemas de relacionamentocom a filha, Kim (Elisha Cuthbert), que não quer ficar pertodele para não lembrar da morte da mãe. Ela trabalha como babá enão quer nem falar com o pai, que não sabe o que fazer da vida.Tudo vai mal, mas piora quando o presidente Palmer liga diretopara ele com uma missão.Órgãos de inteligência americanos estão convencidos de que umabomba nuclear roubada vai ser explodida em Los Angeles "hoje".Lembre-se que a ação de "24 Horas" é passada em 24 horas, ouseja, cada um dos 24 episódios da temporada corresponde a umahora em tempo real. Ele é chamado para coordenar o trabalho daCTU, que ainda tem em seu quadro os agentes Tony Almeida (CarlosBernard) e George Mason (Xander Berkeley). Ao mesmo tempo, umamulher acha que o noivo árabe e rico de sua irmã pode terligações com o terrorismo.Em seu capítulo de estréia, 24 Horas conseguiu críticasainda mais positivas do que em sua temporada anterior. Odestaque fica para o roteiro, que conseguiu afinar ainda maisseu caráter de thriller psicológico e rendeu ótimas seqüênciasde ação. O público aprovou o que viu: a audiência do episódio deestréia foi de 13,5 milhões de telespectadores. Uma reprise nasegunda-feira à noite deve ter aumentado o número de novos fãsque vão passar a ficar ligados na trama.O trabalho do elenco também melhorou desta vez. Sutherlandprovou que sua indicação ao Emmy de melhor ator dramático nãofoi coincidência. Cuthbert também parece mais madura e segura desi. Na Fox brasileira, os episódios da temporada de estréia de24 Horas vão ao ar às segundas-feiras, às 21 horas. Quemestá a fim de ver o programa todo de uma vez pode comprar o DVDcom os 24 episódios, lançado dois meses atrás, que custa cercade US$ 60 nas lojas dos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.