19.ª Bienal do Livro: destaques de hoje

Escrever é um desafio, ainda mais para um público tão exigente quanto o infantil. Como competir com games e internet? Paulo Bentancur, Heloísa Prieto e Ivan Zigg falam sobre O Desafio de Escrever Livros para Crianças na Era Tecnológica, às 11 horas, no Salão de Idéias. Entre os autógrafos, um dos destaques do dia é o lançamento do Dicionário Inglês-Português, de Israel Jelin, com 1.280 págs, cerca de 1.200 ilustrações, e mais de 54 mil verbetes. O autor estará no estande da editora FTD das 15h às 18h.Às 17 horas, Antonio Torres, Mario Sabino e Menalton Braff revelam o encantamento pela poesia e pela vida de complexos personagens que habitam o imaginário dos autores, em Retratos Literários. Paulo Markun, Lúcia Hippolito, Domingos Meirelles, Leonardo Attuch e Luiz Gonzaga Beluzzo discutem o Brasil contemporâneo em Questões Sociais e Políticas do Brasil, às 20 horas, encerrando as atividades do salão. O Espaço Literário Visa recebe o jornalista e escritor Lourenço Diaféria, às 15 horas, para falar sobre as Crônicas Paulistanas. No mesmo espaço, o escritor Fernando Segolin comenta o Livro do Desassossego, de Fernando Pessoa, às 19 horas. Dentro da programação do Fala, Professor!, o assunto é o uso do audiovisual no ensino de História, das 14 horas às 15h50.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.