"100 Anos... 100 Filmes" volta no GNT

No mês do Oscar, uma das mais completas séries já realizadas sobre o cinema está de volta no GNT: 100 Anos... 100 Filmes foi produzido a partir da polêmica lista dos melhores filmes norte-americanos publicada pelo Americam Film Institute, em 1998, para comemorar o centenário do nascimento do cinema nos Estados Unidos. Dirigida por Richard Schickel, um dos mais influentes críticos americanos de cinema e colaborador da revista Time desde 1972, e por Mel Stuart, (diretor de A Fantástica Fábrica de Chocolate, de 1971). A série, dividida em 10 programas, estréia hoje e será apresentada de segunda a sexta (também na próxima semana), sempre às 23h30.O primeiro programa é "Contra a Natureza", apresentado por Michael Caine, e mostra a forma mais básica do heroísmo americano: homens insatisfeitos que tomaram atitudes corajosas e heróicas, como em A Mulher Faz o Homem (Frank Capra, 1939); Sem Destino (Dennis Hopper, 1969) e A Lista de Schindler (Steven Spielberg, 1993).No segundo, apresentado por Ray Winstone, o tema é "Além da Lei". Diretores e atores adoram mostrar como o crime organizado corrompe a sociedade. Inimigos públicos e pesadelos privados estão neste episódio debatidos através de filmes que vão de Pacto de Sangue (Billy Wilder, 1944) a O Poderoso Chefão (Francis Ford Coppola, 1972) e Pulp Fiction (Quentin Tarantino, 1994).Na quarta, entra no ar "Questões Familiares". Apresentado por Emily Watson, mostra esta instituição preciosa e vulnerável, constantemente ameaçada por fragmentações que desencadeiam outros moldes e padrões. Em filmes como Juventude Transviada (Nicholas Ray, 1955) e American Graffiti (George Lucas, 1973), as diversas estruturas familiares - das tradicionais às subvertidas - são as personagens principais."Em Busca de...", o quarto episódio, apresentado por Richard Harris, trata de tesouros escondidos, outra forma essencial no cinema americano, e que geram espetáculos e ações de alto impacto - como em Caçadores da Arca Perdida (Spielberg, 1981).Apresentado por Joely Richardson, "Louco Amor", quinto programa da série, fala de um sentimento que é ocasionalmente pacífico e calmo, mas muitas vezes atingido por farpas e até por tragédias. Os outros cinco episódios da próxima semana são "Guerra e Paz", "Sem Limites Para amar", "Os Anti-Heróis", "Fora de Controle" e "Vôos Fantásticos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.