Zeffirelli começa a filmar vida de Maria Callas

"O espírito de Maria me guiará" disse Franco Zeffirelli ao começar, em Paris, as gravações de Callas Forever, homenagem à mítica cantora de quem Zeffirelli foi amigo íntimo e diretor, na ópera Tosca. Fanny Ardant, depois de ter interpretado Callas no teatro, fará o papel da soprano grega nos últimos três meses de vida. Callas morreu no dia 16 de setembro de 1977, em sua casa de Paris. Ardant vestirá 30 vestidos de Chanel, os preferidos de Callas, refeitos pelo estilista Karl Lagerfeld. A co-produção italiana, inglesa, francesa, espanhola e alemã deve levar de 14 a 16 semanas para ser gravada, nas cidades de Paris, Madri e Bucarest. Além de Fanny Ardant, Jeremy Irons, Joan Plowright, Gabriel Garko e Angela Molina também estão no elenco. O filme deve estar pronto em meados do próximo ano, quando se completam 25 anos da morte da cantora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.