Divulgação
Divulgação

Woody Allen volta à Broadway com nova comédia

'Honeymoon Motel' está em programa triplo com irmãos Coen sob direção de John Turturro

EFE

18 de maio de 2011 | 18h27

Woody Allen voltará em outubro aos palcos da Broadway como autor de uma comédia em colaboração com os roteiristas Ethan Coen e Elaine May, informou na quarta-feira o jornal The New York Times em seu site.

Allen escreveu a peça Honeymoon Motel que fará parte do programa triplo Relatively Speaking, com pré-estreia programada para setembro e estreia oficial para outubro, disse o próprio autor ao jornal.O cineasta, que estreou na Broadway como autor e ator em 1969 com Play It Again, Sam, tendo Diane Keaton e Tony Roberts como companheiros de cena, afirmou que não atuará nesta nova produção.

Já Ethan Coen, diretor e roteirista consagrado em parceria com seu irmão, Joel Coen, por filmes como "Onde os fracos não têm vez", participará com a peça Talking Cure.

A autora Elaine May, indicada ao Oscar em duas ocasiões pelos roteiros de O Céu pode Esperar e Segredos do Poder, completa o programa triplo com George is Dead.

O conjunto formado pelas três obras será dirigido pelo ator John Turturro, presença habitual em filmes de Ethan e Joel Coen, e cuja participação na Broadway até agora se resumia aos palcos.

Allen, que esta mesma semana apresentou no festival de Cannes seu novo filme, Meia-noite em Paris, não quis dar detalhes sobre a peça, mas explicou ao jornal nova-iorquino que se trata de uma comédia "para rir, sem cumprir um papel social".

"Estamos no processo de seleção do elenco", disse, acrescentando que a montagem deve contar com seis personagens.

O cineasta escreveu para a Broadway as obras Don't Drink The Water, The Floating Light Bulb, e A Second Hand Memory, que ele mesmo dirigiu na temporada 2004-2005. No entanto, foi Play It Again, Sam a que despertou mais lembranças no autor sobre sua participação no mundo do teatro.

"Tony Roberts e Diane Keaton se transformaram em dois amigos meus muito próximos durante a produção, e nos divertimos muito indo jantar noite após noite no ano que estivemos na Broadway", explicou Allen.

A obra, que ficou em cartaz durante treze meses, foi transformada em filme, protagonizado pelos mesmos atores. Allen voltaria a trabalhar com os dois intérpretes em Noivo Neurótico, Noiva Nervosa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.