Woody Allen processa amiga e produtora

Woody Allen entrou com um processo na Justiça contra sua produtora e amiga Jean Doumanian. O cineasta alegou que a empresa dela, a Sweetland Films, apropriou-se indevidamente de parte dos lucros de seus últimos oito filmes, desde Tiros na Broadway (1994).De acordo com o diretor, a empresa negou-se a dar a ele informações precisas sobre o faturamento das fitas. Allen e Doumanian assinaram um contrato em 1993 para a produção de três filmes. A partir daí, outros cinco foram feitos com acordos verbais, sem a assinatura de um contrato em papel. O cineasta acabou seu relacionamento profissional com a empresa em março de 2000 e assinou um contrato com o estúdio DreamWorks SKG.Dan Klores, o porta-voz da Sweetland Films, disse que a dona da empresa está muito triste com o caminho que seu amigo resolveu tomar e que todas as acusações são falsas. Ele informou que ela vai apresentar na corte os documentos que provam que pagou tudo o que devia ao cineasta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.