Woody Allen demite atriz e a carreira dela decola

Uma atriz de 45 anos encontrou fama, fortuna e um bom meio de subsistência depois de ser demitida pelo comediante Woody Allen.Annabelle Gurwitch foi demitida há quatro anos de uma peça off-Broadway encenada em Nova York, Writer´s Block, dirigida por Woody Allen.Hoje roteirista, colaboradora e comentarista da National Public Radio, Annabelle transformou sua falha em atuar segundo as exigências de Allen numa fonte de lucros para ela mesma.Ela publicou um livro intitulado Fired! (Demitida!), que vem recebendo críticas elogiosas, e um filme com o mesmo título que vai estrear na rede de TV americana Showtime em 29 de março, apresentando relatos de várias celebridades como Tim Allen, Fredwillard e o ex-secretário do trabalho Robert Reich.Histórias parecidas"Quando fui demitida, minha vida desabou. Woody era meu ídolo, e ele disse às pessoas que eu tinha atuado como uma retardada. Na realidade, eu representava meu personagem como se ela fosse bêbada, mas, como acontece com a maioria das pessoas demitidas, não tive a chance de discutir o assunto com meu chefe", ela contou em entrevista recente."Tantos amigos e desconhecidos me contaram suas próprias histórias de demissão que eu tive a idéia de escrever o livro. Parece que todo o mundo que já esteve em qualquer tipo de local de trabalho, já foi demitido ou conhece alguém que foi."Annabelle disse que foi interessante descobrir que pessoas hoje bem sucedidas gostavam de contar as histórias de suas próprias tragédias anteriores de demissão."É como se elas ou soubessem que a pessoa que as demitiu vai ler sua história, ou que elas quisessem que outras pessoas soubessem que é possível ter uma ótima carreira, apesar de ter sido demitido.""O mais difícil foi limitar o fluxo de material. Estamos montando extras do DVD que são mais longos que o próprio filme, porque eu tinha tantas ótimas histórias que queria compartilhar. Muitas das pessoas que entrevistei disseram que mereceram ser demitidas. Há muita humildade nesses depoimentos."E ela própria, acredita que mereceu ser demitida por Woody Allen? "Com certeza", ela respondeu sem hesitar."Atores são demitidos o tempo todo. A verdade é que eu provavelmente não era a pessoa certa para o papel. ´Divergências criativas´, a meu ver, é apenas outra maneira de dizer ´você está péssima´."Annabelle contou que algumas das desculpas que lhe foram relatadas por pessoas que foram demitidas são extremamente criativas. "Uma funcionária em Orlando me contou que, quando foi demitida, lhe disseram que ela estava sendo promovida a cliente. Outra pessoa foi demitida com a frase ´estamos libertando você para seu futuro´. Ninguém no show business recebe uma explicação honesta da razão pela qual está sendo demitido."Annabelle disse que não guarda mágoas do cineasta premiado com o Oscar. "Se eu encontrar Woody algum dia outra vez, eu lhe direi que fico feliz por ele não ter me matado, como acontece com uma atriz que Jennifer Tilly representa em seu filme Tiros na Broadway."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.