Winslet brilha no Globo de Ouro; Ledger ganha prêmio póstumo

Já o filme independente 'Slumdog Millionaire' foi o maior vencedor da 66ª edição da festa, com quatro prêmios

Agências internacionais

09 de janeiro de 2012 | 10h11

O filme independente Slumdog Millionaire foi o maior vencedor da 66ª edição do Globo de Ouro, com quatro prêmios, mas a atriz americana Kate Winslet e o falecido ator australiano Heath Ledger foram os destaques da cerimônia, realizada na noite do último domingo, 11, em Los Angeles. Veja também:Confira a lista com todos os vencedores  Veja as fotos do 66.º Globo de Ouro Trailer de Slumdog Millionaire no YouTube  Trailer de Apenas um Sonho   Trailer de O Leitor Winslet venceu dois prêmios, de atriz coadjuvante por O Leitor, e de melhor atriz dramática, por Apenas um sonho, filme dirigido por seu marido, Sam Mendes, e no qual ela voltou a contracenar com Leonardo di Caprio, 11 anos após Titanic."Vocês têm de me desculpar, porque eu não tenho o hábito de ganhar coisas", disse a atriz, enxugando as lágrimas, após levar a primeira estatueta. Ela ainda pediu desculpas às concorrentes quando faturou o segundo prêmio.A vitória póstuma de Heath Ledger por seu papel como o vilão Coringa, em Batman - O Cavaleiro das Trevas, abre caminho para uma possível indicação ao Oscar, no próximo dia 22, exatamente um ano após a morte do ator, vítima de uma overdose acidental de tranquilizantes. O diretor do filme, Christopher Nolan, recebeu o prêmio em nome de Ledger. "Todos nós que trabalhamos com Heath em Cavaleiro das Trevas aceitamos este prêmio com uma mistura estranha de tristeza e orgulho", disse. "Depois que ele morreu, um rasgo se abriu no futuro do cinema".O astro Tom Cruise anunciou o grande vencedor da noite: o filme indiano Slumdog Millionaire, um co-produção britânica, que rendeu também o prêmio de melhor direção para Danny Boyle, de melhor roteiro para Simon Beaufoy e de melhor trilha sonora para A. R. Rahma. O filme conta a história de um jovem analfabeto que participa de um programa de perguntas e respostas e surpreende a todos ao ganhar o jogo, com o qual pretendia reconquistar a amada.Os títulos com maior número de indicações, O Curioso Caso de Benjamin Button, Frost/Nixon e Dúvida, que concorriam a cinco prêmios, saíram de mãos vazias. Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen, ganhou o Globo de Ouro de melhor musical ou comédia, deixando para trás Mamma Mia!, que era um dos fortes concorrentes da categoria.Homenagem a SpielbergMartin Scorsese foi o diretor escolhido para entregar o Prêmio honorífico Cecil B. DeMille a Steven Spielberg, que não o recebeu no ano passado por conta da suspensão da cerimônia. Principal elogio de Scorsese foi para a capacidade de inventar e reinventar do colega, com um "talento raro" e "uma capacidade de enquadrar que é sua maior qualidade".Cenas de vários filmes do diretor foram exibidas: Tubarão, A Lista de Schindler, Indiana Jones, E.T., A Cor Púrpura, Jurassic Park, Império do Sol, Contatos Imediatos de Terceiro Grau, entre outros. Spielberg, por sua vez, agradeceu a Cecil De Mille (1881-1959), autor do primeiro filme a que assistiu na vida, O Maior Espetáculo da Terra, em 1952, levado por seu pai aos 6 anos de idade."Nunca vou me esquecer daquele dia, em que ao entrar no cinema era dia e ao sair era noite". Foi a partir deste filme que ele começou a fazer suas primeiras experiências, por assim dizer, cinematográficas. Spielberg foi aplaudido de pé e longamente pela célebre platéia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.