WARNER BROS.
WARNER BROS.

Warner adia estreias de 'Mulher-Maravilha 1984' e 'Matrix 4'

"Tenet", novo filme de Christopher Nolan, também teve o lançamento adiado; o longa seria a primeira grande produção a chegar aos cinemas após a crise derivada da pandemia de Covid-19

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2020 | 00h24

LOS ANGELES - A Warner Bros anunciou nesta sexta-feira, 12, o adiamento dos lançamentos de "Mulher Maravilha 1984", "Matrix 4" e "Tenet", filmes bastante aguardados pelo público ao redor do mundo. "Mulher-Maravilha 1984", que já havia sido reagendado, agora entrará em cartaz no dia 2 de outubro nos Estados Unidos.  Outro filme adiado é o tão esperado "Matrix 4", cuja data de estreia foi transferida de maio de 2021 para 1º de abril de 2022, quase um ano de diferença.

A estreia de "Mulher-Maravilha 1984" já foi adiada duas vezes. O filme é a sequência de "Mulher-Maravilha" (2017), que faturou US$ 822 milhões. O longa-metragem contará com a volta de Gal Gadot como protagonista, acompanhada de Chris Pine, Kristen Wiig e Pedro Pascal.

"Tenet", o novo filme de Christopher Nolan, teve a data de lançamento remarcada para 31 de julho, duas semanas depois da estreia inicialmente prevista para o dia 17. O lançamento de "Tenet" está sendo acompanhado com absoluta atenção em Hollywood, pois seria a primeira grande produção a chegar aos cinemas após a crise derivada da pandemia de covid-19, que manteve as salas fechadas durante meses em todo o planeta.

Apesar de o resto da indústria estar adiando os lançamentos mais importantes, Nolan e Warner se mantiveram firmes na data de 17 de julho e apostaram muito que seria o primeiro grande projeto de Hollywood sair após o confinamento. No fim, "Tenet" cederá essa honra (e o risco econômico) a "Mulan", filme da Disney que será apresentado em 24 de julho, após o lançamento de março ter sido postergado. Em troca, a Warner Bros anunciou nesta sexta-feira que em 17 de julho "Inception" (2010), um dos maiores sucessos de Nolan, voltará aos cinemas, aproveitando o décimo aniversário. 

Estrelado por John David Washington, Robert Pattinson e Elizabeth Debicki, "Tenet" é um suspense sobre o qual pouco se sabe além de que a premissa gira em torno da manipulação do tempo. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.