Walter Salles recusou dirigir curta sobre atentados

O diretor de Abril Despedaçado, Walter Salles, disse ter recusado o convite, feito há dois meses por uma companhia cinematográfica francesa, para produzir um curta-metragem sobre os atentados terroristas de 11 de setembro, em Nova York. Para o projeto, estão previstos 11 curtas-metragens, com duração de 11 minutos cada, dirigidos por 11 cineastas de 11 países diferentes.Salles acredita que os acontecimentos são muito recentes e disse que precisaria de um "distanciamento" para poder filmar. Segundo o cineasta, que estava a 15 quadras do World Trade Center no dia do atentado e chegou a ver uma pessoa caindo do prédio, a imagem dos dois aviões teria ficado muito banalizada. O diretor disse ainda que os cineastas Godard e Alejandro González estão entre os 11 diretores que participarão do projeto. O início das filmagens ainda está sem data definida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.