Walter Salles escreve roteiro para Robert Redford

O 14.º Cine Ceará, Festival Nacional de Cinema e Vídeo, em Fortaleza, entregou na segunda-feira, o Troféu Eusélio de Oliveira a Walter Salles. O diretor de Central do Brasil, filme que obteve duas indicações para o Oscar, recebeu o prêmio máximo do festival pelo conjunto de sua obra cinematográfica (seis longas e uma dezena de curtas e documentários), mostrada em retrospectiva no Centro Cultural Dragão do Mar. Diários de Motocicleta, atraiu tanto público que houve necessidade de sessão extra. Quem também recebeu o troféu, no fim de semana, foi o cineasta cubano Fernando Pérez, de Suíte Havana, festejado mix de documentário e ficção. Salles fez questão de definir-se como "um dos muitos admiradores" do novo longa de Pérez, que também ganhou sessão extra no Cine Ceará. O cineasta brasileiro disse que o documentário de Fernando Pérez está entre os melhores filmes latino-americanos da atualidade. Satisfeito com o resultado de público de Diários de Motocicleta (700 mil espectadores no Brasil, mais de 1 milhão na Itália e lançamento garantido em uma centena de países), Walter Salles conta que voltará a trabalhar com Robert Redford, o produtor do road movie que colocou os jovens Ernesto Guevara e Alberto Granado perambulando pela América Latina. "Estou escrevendo novo roteiro, a pedido de Redford, uma adaptação do romance No Caminho das Baleias, do chileno Francisco Coloane." No momento, ele está concluindo Dark Water, sua primeira experiência com filme de terror psicológico, realizada integralmente no Canadá e em língua inglesa, que será lançado em 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.