Wallace e Gromit ganha prêmio de animação

As figuras de argila venceram as modernas imagens animadas criadas por computador, na 33.ª edição dos prêmios Annie. Wallace & Gromit: A Batalha dos Vegetais, dos estúdios DreamWorks Animation SKG, ganhou o prêmio de melhor produção animada. O filme, que só recorreu à animação por computador para algumas cenas, venceu os filmes de animação digital O Galinho Chicken Little, da Walt Disney Co., e Madagascar, também da DreamWorks. Os prêmios Annie, apresentados pela Sociedade Internacional de Cinematografia Animada, precedem o ganhador da categoria cinematográfica correspondente no Oscar.Wallace & Gromit: A Batalha dos Vegetais também recebeu premiações de melhor direção, para Nick Park e Steve Box, melhor design de personagens, melhor roteiro e melhor música. O filme foi um sucesso de bilheteria e elogiado pelos críticos. Os personagens são feitos de argila e se movimentam pouco, enquanto são fotografadas foto por foto - uma das primeiras formas de animação cinematográfica.Outro filme indicado, Tim Burton´s Corpse Bride, também foi produzido através da técnica foto por foto, mas os fantoches eram cobertos de borracha. Ao contrário de outros anos, nenhuma das três produções que foram indicadas para receber o Oscar de melhor filme animado recorreram totalmente à técnicas de computador. Concorrem na categoria, além de Wallace & Gromit: A Batalha dos Vegetais, Howl´s Moving Castle e A Noiva Cadáver. Outros prêmios distribuídos no sábado foram: melhor produção de televisão para Star Wars: Episódio II - O Ataque dos Clones, do Cartoon Network Studios; para Ultimate Spider-Man, da Activision/Treyarch, por melhor jogo de vídeo animado; para o ator britânico Peter Sallis, que faz a voz de Wallace em Wallace & Gromit: A Batalha dos Vegetais, por melhor voz de uma produção para cinema; para Seth MacFarlane, que faz a voz de Stewie em Family Guy, do canal Fox, por melhor voz de uma produção para televisão.

Agencia Estado,

06 de fevereiro de 2006 | 10h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.