Lionsgate
Lionsgate

Verão de Hollywood termina com queda nas bilheterias e domínio da Disney

O filme 'Invasão ao Serviço Secreto', com Gerard Butlher, lidera lista sem grandes estreias

Redação, Reuters e AP

02 de setembro de 2019 | 09h27

Enquanto o thriller de ação Invasão ao Serviço Secreto, de Gerard Butler, liderou as bilheterias norte-americanas pelo segundo fim de semana, a temporada de verão terminou no domingo com um arrependimento de Hollywood, já que a venda de ingressos durante a temporada caiu 2% em relação ao ano passado.

Este fim de semana, estendido nos Estados Unidos por conta do Dia do Trabalho, foi tradicionalmente tranquilo para os cinemas.  Embora seja a temporada mais lucrativa de Hollywood, houve vários sucessos de bilheteria de US $ 1 bilhão, mas nunca antes um único estúdio dominou o verão no ramo de filmes. A Walt Disney representou quase metade de todas as vendas de ingressos nos cinemas nos Estados Unidos e no Canadá.

Invasão ao Serviço Secreto dominou as bilheterias durante um final de semana prolongado nos Estados Unidos. O terceiro capítulo da franquia da Lionsgate e da Millenium arrecadou 11,5 milhões de dólares e deve se despedir do feriado com 14,4 milhões de dólares.

Sem qualquer estreia de grandes estúdios de Hollywood, a bilheteria foi suficiente para manter o filme na liderança das bilheterias nos EUA. Estrelando Jacob Tremblay, a produção gerou 43,6 milhões de dólares em receita até agora, duas semanas após entrar em cartaz.

O suspense Don't Let Go estreou com 2,4 milhões de dólares e deve chegar a 3 milhões de dólares ao longo do feriado. David Oyelowo interpreta um detetive que tenta resolver o assassinato de sua sobrinha quando repentinamente recebe uma ligação da vítima. O filme estreou no festival Sundance sob o nome de Relive.

A última estreia da temporada é o drama Bennett's War, que espera arrecadar meio milhão de dólares em receita ao longo desta segunda-feira. Durante o fim de semana, o filme acumulou cerca de 445 mil dólares. O feriado de Dia do Trabalho nos EUA geralmente não é muito movimentado na indústria cinematográfica, então Bons Meninos, Velozes e Furiosos: Hobbes & Shaw e o live-action de O Rei Leão permaneceramm na lista dos mais vistos.

Bons Meninos, da Universal, manteve seu segundo lugar, arrecadando 9,1 milhões de dólares durante o fim de semana. Após três semanas em cartaz, a comédia acumulou 58 milhões de dólares. O live-action da Disney ficou em terceiro lugar, arrecadando 6,7 milhões de dólares ao longo do feriado e espera chegar a 8,8 milhões de dólares no fim de semana prolongado.

O Rei Leão detém agora a sétima maior bilheteria na história do cinema, com 1,562 bilhão de dólares mundialmente, ultrapassando Velozes e Furiosos e Vingadores. Em quarto lugar, Velozes e Furiosos: Hobbes & Shaw arrecadou 6,2 milhões de dólares no fim de semana e deve chegar a 8 milhões de dólares. O spin-off da franquia de ação, estrelando Dwayne Johnson e Jason Statham, conquistou 684,2 milhões de dólares nas bilheterias mundiais. Dirigido pelos irmãos Kendrick e estrelando Alex Kendrick, o drama esportivo-religioso Mais Que Vencedores encerra o top 5, obtendo 7,8 milhões de dólares no fim de semana prolongado, o que eleva sua receita nas bilheterias dos EUA para 19,4 milhões de dólares.

 

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaHollywoodDisney

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.